Ferramenta gratuita ajuda a administrar boletins informativos bacanas

porEm Okrepkie
Jul 4, 2017 em Jornalismo digital

Alguns assinantes de jornal recebem seus jornais todas as manhãs na porta de casa. Outros abrem o e-mail e dão uma olhada em suas newsletters  digitais em busca de matérias para ler.

Na era da internet, as newsletters por e-mail são mais uma maneira direta para as redações se conectarem com o público. Elas criam um relacionamento mais íntimo com os assinantes, direcionam o tráfego para o site principal e aumentam a receita.

Apesar das vantagens, pode ser desafiante para uma redação reservar tempo e recursos para elaborar um boletim informativo eficaz. É aí que a ferramenta gratuita Opt In pode ajudar.

O que é Opt In?

A Opt In ajuda a construir um boletim de notícias a partir do zero ou renovar um já existente. Tamara Power-Drutis e Sangeeta Singh-Kurtz passaram um ano pesquisando estratégias de newsletters e desenvolvendo a ferramenta para a Crosscut Public Media e o Donald W. Reynolds Journalism Institute. A nova ferramenta, que foi lançada no início do mês, ajuda a redação a desenvolver seus boletins de forma intencional. O guia fornece estratégias recomendadas para construir uma newsletter baseada nas habilidades das pessoas na redação.

"Parece muito simples, mas a verdade é que a maioria das salas de redação não estão sendo intencionais em seu design ou sua curadoria, especialmente em redações pequenas que teriam muito a ganhar com um boletim de notícias eficaz", disse Power-Drutis. "Criar um boletim de notícias eficiente requer tanta experiência e conhecimento como apresentar a primeira página de um jornal, mas raramente recebe esse tipo de atenção ou investimento."

Como Opt In ajuda a gerenciar uma newsletter?

Para começar, a Opt In faz aos usuários uma série de perguntas sobre o público-alvo, modelo de negócios e a missão de sua publicação. A partir daí, produz uma estratégia sob medida.

"O resultado para esta ferramenta é uma cartilha muito específica baseada em quem é o seu público", disse Power-Drutis.

Às vezes, a maior barreira para um boletim eficaz é a identificação de um público. Quando isso é concluído, a logística é resolvida. A chave para uma estratégia de boletim impactante é atender às necessidades distintas de sua organização. O New York Times possui 13 milhões de assinaturas de seus 50 boletins de e-mail. theSkimm, com seu tom informal e conversacional, tem mais de 3,5 milhões de assinantes. Ambos são publicações bem-sucedidas com públicos e tons diferentes, e suas newsletters refletem isso. A Opt In pode ajudar qualquer redação a determinar a melhor estratégia para identificar seu tom e progredir.

Quais são os benefícios de criar uma newsletter dirigida com Opt In?

O e-mail era uma forma consistente de comunicação desde antes do boom das redes sociais e isso não vai deixar de acontecer no futuro próximo. As salas de imprensa podem capitalizar o uso consistente do e-mail para aumentar o engajamento da audiência. Quando as newsletters visam a audiência de forma engajante, a publicação se beneficia.

"Você gasta um tempão no seu inbox, peneirando mensagens genéricas, irritantes e muitas vezes automatizadas", disse Singh-Kurtz. "Ter algo especial, personalizado e informativo — isso vale o seu tempo."

Power-Drutis disse que a newsletter pode ser uma plataforma por si só ou pode gerar tráfego para o site principal. Esse aumento no tráfego pode se traduzir na receita de publicidade, que é fundamental para a sobrevivência de muitas redações.

Um boletim de e-mail também separa o ruído que vem com a divulgação do conteúdo nas redes sociais. É uma linha direta entre a redação e assinantes. A Opt In é projetado para fortalecer esse laço.

Imagem sob licença CC no Flickr via Katey