Envolva seu público com jogos de notícias

porMargaret Looney
Jul 26, 2013 em Jornalismo digital

Jornalistas que seguem o ditado "show, don't tell" (mostre, não diga) têm uma ferramenta poderosa, mas pouco usada, à sua disposição: os jogos de notícias.

Enquanto a narrativa tradicional se baseia em técnicas como anedotas ou a construção de um arco narrativo, os jornalistas podem usar jogos de notícias para contar histórias interativas que permitem que o público perceba a notícia do ponto de vista da primeira pessoa.

"O nosso trabalho como jornalista é informar o público. Usando emoção e empatia, os jogos permitem informar os leitores de uma maneira nova que faz com que se lembrem e compreendem", escreveu Sisi Wei, desenvolvedora de aplicativos jornalísticos no ProPublica, neste post no Source.

Organizações noticiosas brincam com jogos há alguns anos. O New York Times, em 2009, criou o Gauging Your Distraction, que testa o quão bem jogadores podem simular mensagens de texto e dirigir ao mesmo tempo. Em 2008, a American Public Media construiu o Budget Hero, que permite ao jogador simular a tarefa de equilibrar o orçamento federal por 30 anos. O jogo usa dados relatados para mostrar o que seriam os resultados de cada decisão de orçamento.

Wei observa como esses jogos "são grandes exemplos de 'mostre, não diga', mas também de como 'envolver 'os jogadores na própria notícia."

Wei e dois colegas do ProPublica construíram o Heartsaver, no qual os jogadores devem decidir como levar vítimas de ataque cardíaco para hospitais em Nova York. Wei e seus colegas basearam o jogo no tempo real de transporte entre locais usando o transportation API do Google e as taxas de sobrevivência para pacientes de ataque cardíaco segundo o Emergency Medicine Journal.

"Usar informações do mundo real no jogo não só o torna mais poderoso e eficaz, mas coloca a 'notícia' no jogo de notícia," escreve Wei.

Quer construir o seu próprio jogo de notícia? Wei sugere aderir a um enredo forte; tornar o jogo divertido; deixar o jogador criar seu próprio destino; e dar às pessoas uma razão para voltar para jogar mais.

Há também algumas ferramentas para você começar. Experimente o Twine, uma ferramenta de código livre que permite ao jogador escolher como a história interativa vai se desenrolar ou o ImpactJS, a estrutura de jogo em HTML5 utilizada para criar o Heartsaver.

Para reunir mais recursos para fazer o seu próprio jogo de notícias, leia o post de Wei no Source aqui (em inglês).

Margaret Looney, assistente editorial da IJNet, escreve sobre as últimas tendências de mídia, ferramentas de reportagem e recursos de journalism.

Imagem sob licença CC no Flickr via Axel Pfaender