Como servir melhor seus leitores durante a pandemia do coronavírus

porAldana Vales
Mar 18, 2020 em Reportagem sobre COVID-19
Pergunta no telefone

Informar sobre o impacto da COVID-19 em sua comunidade não requer apenas ouvir fontes médicas confiáveis. Ouvir o seu público também é essencial para entender melhor o conteúdo que seus leitores precisam, desejam ou sentem falta na cobertura existente. Ao fazer isso, sua redação pode servir melhor sua comunidade, combater a ansiedade e até melhorar seu trabalho a longo prazo.

Sua redação deve desenvolver um plano para descobrir as necessidades de informação da sua comunidade, disseram especialistas em engajamento do público durante um recente webinário  organizado pelo Hearken.

Não é fácil envolver seu público-alvo com suas reportagens, e é preciso mais do que perguntar aos leitores o que eles querem saber sobre um determinado tópico. Quando há uma crise como a pandemia global de hoje, isso se torna ainda mais difícil.

Reunimos algumas das dicas mais relevantes para atrair seu público-alvo a partir da sessão online do Hearken abaixo:

[Leia mais: Chaves para um engajamento inovador]

Critério para pedir feedback

Para que seus esforços de engajamento sejam bem-sucedidos, evite mensagens que pareçam jargônicas e imprecisas.

Em vez de um frase geral como "Envie suas ideias de cobertura para coronavírus abaixo", tente formular a solicitação como uma pergunta. Por exemplo, "Que perguntas você tem sobre o surto de coronavírus na cidade? Sobre quais preocupações você ainda precisa de respostas?”

Seja transparente com seu público-alvo e defina expectativas claras. Seus leitores devem saber o que acontecerá quando enviarem suas perguntas e comentários. Você escreverá uma matéria com base em suas submissões? Diga a seus leitores o que esperar.

A gerente editorial e de comunidade da Hearken, Bridget Thoreson, e a estrategista de engajamento Julia Haslanger compartilharam quatro critérios principais a serem lembrados ao consultar os leitores. As perguntas devem ser:

  • Acionáveis
  • Específicas
  • Claras sobre o que você espera receber 
  • Claras sobre como as submissões serão usadas

[Leia mais: Converse com seu público e outras dicas para criar lealdade]

A organização é crucial

Então, você começou a receber feedback do seu público. E agora? Você tem algumas responsabilidades em mãos. Primeiro, responda. Informe às pessoas que você as ouviu, mesmo quando você não tem uma resposta imediata. "Você deve se comprometer a retornar", disse Thoreson.

À medida que você avança, certifique-se de organizar e acompanhar as submissões. A organização vai além da classificação das respostas do seu público. Também se aplica à sua equipe. Quem revisará as respostas recebidas? Quem supervisionará os processos? As redações devem criar cronogramas lógicos de equipe e construir a infraestrutura necessária para suportar responsabilidades compartilhadas de reportagens, aconselhou Ashley Alvarado, diretora de engajamento da comunidade na Southern Public Public Radio.

Quando você não estiver analisando comentários, realize suas reportagens e continue a convidar mais respostas.

O lado do negócio

Sua equipe de negócios deve se unir aos esforços também. Se estiver em condições de fazê-lo, sua redação poderá oferecer publicidade gratuita para conteúdo que atenda a uma necessidade pública, disse Ariel Zirulnick, diretora do The Membership in News Fund do The Membership Puzzle Project.

"Nossas equipes de negócios e criativas ofereceram anúncios em boletins gratuitos para qualquer iniciativa de preparação e recuperação de furacões", explicou Zirulnick, referindo-se à sua experiência no The New Tropic e ao que a organização aprendeu após reportar sobre o furacão Irma em 2017.

A equipe de negócios também pode informar aos anunciantes que tipo de feedback sua redação está recebendo do público, para que possam alterar a linguagem de seus anúncios de acordo.

Seu checklist

Isso se resume a quatro passos principais:

  1. Defina seu fluxo de trabalho. Designe uma pessoa importante, discuta papéis e acompanhe as perguntas do público. Pense na meta que quer alcançar.
  2. Comece sua divulgação. Consulte os critérios para solicitar feedback e use todos os canais disponíveis para sua redação.
  3. Comece a produzir matérias. Considere criar uma matéria de resumo em que você dá   crédito para as contribuições do público.
  4. Expanda e refine. Explore novos canais de divulgação e solicite feedback.

Ao longo do caminho, assegure à sua comunidade que você a apoia e seja honesto sobre as limitações da sua redação, disse Zirulnick. Você pode até ensinar as pessoas a acessar sites do governo e interpretar as informações encontradas lá, acrescentou.

Esta não é a primeira crise do mundo e não será a última. Seguir essas etapas pode ajudar sua redação a abordar questões críticas agora e no futuro, atendendo às necessidades de seus leitores.


Imagem sob licença CC no Unsplash via Annie Spratt