Como o formulário de correções online ajuda sites de notícias e leitores

por Lindsay Kalter
Jan 17, 2013 em Jornalismo digital

Quando os leitores detectam erros em artigos online, muitas vezes escrevem suas reclamações diretamente na seção de comentários.

O resultado pode ser confuso: erros reais que precisam de correção, mas se perdem num mar de comentários, ou comentários relativos a erros que não são erros de verdade. Mas o New York Times parece ter uma solução. O jornal quer trazer clareza à comunicação dos erros com o lançamento de um formulário de correções no site, escreveu Craig Silverman do Poynter.

Greg Brock, editor de correções do Times, disse num podcast do Journalism.co.uk que o formulário "tornará tão fácil quanto possível aos leitores relatarem um erro", reduzindo comentários e e-mails relacionados a correções, explicou Silverman.

O Times, que vai lançar o formulário em breve, é um de uma série de veículos norte-americanos adotando esta abordagem. O Chicago Tribune e o Toronto Star já oferecem formulários de correção. O Washington Post, Huffington Post e Toronto Star fornecem links em cada página dos artigos onde os leitores podem reportar erros, segundo Silverman.

A Empresa Journal Register recentemente mudou o formuláriol para o rodapé de cada artigo, disse seu editor de grupo, Matt DeRienzo, para Silverman. Isso significa que um leitor que vê um erro não precisa ficar procurando onde relatá-lo. A mudança criou um "grande aumento" em submissões, DeRienzo disse.

Apesar da tendência em direção a formulários de correção, não está claro o que constitui uma "correção". Queixas encontradas que vão desde erros ortográficos e erros de estilo a ângulos da história, a qualidade de escrita e escolha de temas. Algumas são afirmações pesadas de imprecisão, outras são críticas sobre a estrutura de sentença. Pode ser difícil saber o que os leitores consideram erros e se preferem abordá-los de forma privada ou publicamente expor as suas queixas.

Você pode ler o post completo de Silverman (em inglês) aqui.

Poynter Online, parceiro da IJNet e website do Instituto Poynter, é uma escola que serve o jornalismo e a democracia há mais de 35 anos. O Poynter oferece notícias e treinamento que se adaptam a qualquer horário, com orientaçāo individual, seminários presenciais, cursos online, webinários e mais.

Foto cortesia de Morguefile