Seis dicas para quem quer cobrir ciências

por Nadia el-Awady
Dec 22, 2011 em Temas especializados

O jornalismo científico envolve um conjunto a parte de habilidades. Aqui estão algumas dicas básicas para quem é iniciante e quer escrever um artigo de ciência.

1. Torne a ciência acessível. O trabalho do jornalista é trazer o cientista de volta para a Terra, mesmo que ele ou ela esteja relutante quanto a isso.

2. Destaque o lado humano do cientista. Apresente aspectos da personalidade do cientista que com qualquer pessoa pode se identificar – um hobby, algo que faz ao pensar antes de responder uma pergunta. Que roupa usa no laboratório? Seus olhos se iluminam ao falar sobre a pesquisa?

3. Explique como a ciência se relaciona com a vida diária dos seus leitores. Pergunte ao pesquisador durante a entrevista por que criar nanotubes de moléculas de DNA pode ser revolucionário para a tecnologia de computadores. Ou explique aos leitores como a pesquisa de célula tronco tem o potencial de descobrir curas para doenças. Experimente a técnica de narrativa de introduzir sua matéria sobre alguém que sofre de uma doença e explique como a pesquisa pode mudar sua vida.

4. Simplifique a ciência com metáforas. Metáforas são uma parte importante da reportagem de ciência, porque criam imagens fortes da vida diária e de referências culturais que facilitam a compreensão da ciência: a atmosfera é uma estufa; o cérebro de um jogador de xadrez, um computador; o buraco negro é um monstro que come suas vitimas, enquanto que as estrelas enviam seu último sopro em forma de emissões de raio X. Em general, metáforas causam associações entre partes diferentes no nosso processo de pensamento – um curto-circuito em nosso pensamento (curto circuito funciona aqui como metáfora). Tenha em mente que algumas metáforas são usadas demais e nem sempre servem como uma boa opção.

5. Saiba lidar com números. Quantos campos de futebol cabem em 6.000 metros quadrados? Quantos átomos são necessários para formar a ponta de um alfinete? Ao lidar com números, seja descrevendo peso, área, tamanho, volume, comprimento, ou o que for, tente ajudar o leitor a fazer uma relação, comparando com coisas do dia a dia. Ajude a sua audiência a “visualizar” o número em vez de apenas fornecer o valor absoluto.

6. Nunca assume que seus leitores vão entender todos os termos ou conceitos científicos no seu artigo. Explique o significado do jargão científico, mas cuidado para não simplificar demais – um erro comum dos jornalistas.

Você pode ler mais sobre técnicas de redação no curso online de jornalismo de ciência da Federação Mundial de Jornalistas de Ciências. Todas as dez lições estão disponíveis gratuitamente em inglês, árabe, Frances, espanhol, português, chinês e turco.