Seis dicas para cobertura de polêmicas na ciência

por KS Jayaraman
Dec 26, 2011 em Temas especializados

Mudança climática, pesquisas com células-tronco, alimentos geneticamente modificados, muitos temas de ciência têm um lado controverso. Ao preparar uma história que pode ser controversa, considere as seguintes dicas.

  • Quais controvérsias valem a pena ir atrás? Esta decisão deve ser tomada com base no possível impacto na sociedade em geral. Este artigo (em inglês) discute a questão em mais detalhes.

  • Quais são as diferentes perspectivas sobre a controvérsia e que tem opiniões antagonistas? Você pode descobrir ao fazer uma boa busca da literatura científica atual. Consulte suas fontes e outros cientistas -- de preferência um grupo rival -- para ver quem tem opiniões diferentes ou contrárias sobre o assunto. Faça uma lista de quem é confiável e quem não é.

  • Você está distorcendo o debate? Seu trabalho é fazer uma boa história baseada em fatos. Não mostre parcialidade. Notícias distorcidas, especialmente sobre controvérsias em saúde, podem gerar falsas esperanças ou medos injustificados.

  • Você está sensacionalisando a história? Tente explicar a controvérsia sem sensacionalismo. Uma descoberta médica relatada de forma sensacional pode criar um frenesi na mídia injustificado. Por exemplo, as reportagens sobre a doença da vaca louca atingiram um nível absurdo de histeria, com repórteres enfatizando os aspectos mais assustadores da história, levando o governo a gastar milhões em uma "ameaça infinitesimal", segundo David Ropeik do Harvard Center for Risk Analysis.

  • Você está exagerando? Manchetes e escolha de palavras (por exemplo "divergência" em vez de "briga") para descrever diferentes pontos de vista são fundamentais, porque podem diminuir ou exagerar a questão e, consequentemente, influenciando da mesma forma a reação do público. Por exemplo, um projeto para um canal de navegação na Índia está sendo tratado pelo público em geral como uma questão política -- embora tenha começado como uma questão científica e ambiental -- porque os repórteres usaram políticos nos artigos.

  • Como cinco homens cegos descrevem um elefante, a mesma questão controversa pode ser vista de forma diferente por acadêmicos, ativistas e, principalmente, por pessoas diretamente envolvidas na controvérsia. Portanto, ao cobrir uma controvérsia, use a norma jornalística de reportagem equilibrada. Mas certifique-se de dar a cada ponto de vista o peso que merece.

Você pode ler mais sobre técnicas de redação no curso online de jornalismo de ciência da Federação Mundial de Jornalistas de Ciências. Todas as dez lições estão disponíveis gratuitamente em inglês, árabe, Frances, espanhol, português, chinês e turco.