Por que boletins por e-mail estão de volta

por Natasha Tynes
Mar 16, 2015 em Jornalismo digital

Em meio à desordem das redes sociais e fluxo constante de informações, organizações digitais como Vox e BuzzFeed estão voltando sua atenção aos boletins de notícias.

O site BuzzFeed anunciou o lançamento de seu primeiro boletim e a Vox recentemente testou o formato de seu e-mail com os artigos mais importantes. O boletim Skim, publicado por dois ex-produtores da NBC, conseguiu 6,5 milhões dólares de um grupo de capitalistas de risco. E sites de gigantes de tecnologial, como o TechCrunch, estão dedicando maior espaço a proeminentes botões de "assinatura" deda  boletins.

"Um e-mail pode vir em um tempo previsível do dia e em um tamanho restrito, por isso é algo que as pessoas acham gerenciável em uma época de sobrecarga de informações", disse à IJNet, Gideon Lichfield, editor sênior do Quartz, cujo boletim tem 110 mil assinantes.

No Tech Trends Report de 2015, o grupo Webbmedia declarou que boletins são uma tendência para ficar de olho na categoria "publicação de um-para-poucos". "Dezenas de newsletters, incluindo da Media REDEF estãos sendo apoiadas por investidores --embora comparativamente tenham uma audiência menor", disse o relatório.

O crescimento "é uma reação ao fato de que há muita coisa e os curadores algorítmicos não estão fazendo um bom trabalho", a fundadora da Webbmedia Amy Webb disse ao journalism.co.uk.

"Eu acho que uma das características mais importantes de um boletim de e-mail bem sucedido é ter uma voz pessoal muito forte, no sentido de que você sabe o que esperar dele", escreveu Mathew Ingram do recém fechado Gigaom. "O [boletim] Five Different Things, por exemplo, que é elaborado pelo editor da Fusion e ex-jornalista da revista Atlantic, Alexis Madrigal, é uma seleção de links interessantes com as descrições que fazem você se sentir como se ele os escolheu para você."

Dicas para criar boletins melhores

Publicações que qurerem produzir boletins ainda têm que competir pela atenção dos leitores. Boletins de sucesso "são curtos e divertidos e têm uma voz única", disse Litchfield do Quartz.

Quartz explicou em seu Tumblr como simplificou o processo de registo e dobrou o número de assinantes para 110.000. Entre as dicas para editores:

  • Solicite apenas um endereço de e-mail de inscrição
  • Evite um sistema de confirmação (que exige que os usuários cliquem em um link em um e-mail para ativar a assinatura) em direção a um opt-out (a assinatura é automaticamente ativada a menos que o usuário desative sua assinatura).
  • Permita campos de marketing opcionais que não vão desmotivar um assinante potencial que queira ignorá-los

Entre formatos populares para o envio de newsletters  Mail ChimpConstant Contact e Emma.

Há uma série de boletins informativos com foco em mídia. Aqui estão alguns que vale a pena conferir:

  • Muckrack analisa o que jornalistas estão dizendo todos os dias
  • Media REDEF entrega uma mistura de notícias sobre mídia e tecnologia 
  • Next Draft  analisa as notícias principais do dia de um jeito divertido 
  • American Press Institute envia atualizações sobre as últimas notícias da indústria da mídia 

Não esqueça de assinar o boletim semanal da IJNet em Português, que é enviado na segunda-feira.

Imagem principal sob licença CC no Flickr via Dennis Skley