Podcasters compartilham dicas para lançar seu próprio programa

porDonethe Cyprien
Aug 24, 2020 em Jornalismo multimídia
Equipamento de podcasting, incluindo um microfone, filtro pop, pedestal de microfone e software de edição

Os podcasts se originaram em 2004, mas foi somente com o sucesso do podcast Serial em 2014 que podcasts se tornaram um meio popular de contar histórias.

De acordo com a pesquisa anual da Edison Research lançada em março de 2020, 55% dos adultos nos EUA já ouviram um podcast pelo menos uma vez e 25% da população ouve podcasts semanalmente.

Em abril de 2020, o diretório do Apple Podcast ultrapassou um milhão de programas e, em julho, havia mais de 30 milhões de episódios disponíveis no diretório.

“Esse número pode ser assustador, especialmente se você for um produtor independente”, disse a premiada jornalista de rádio Stephanie Kuo. Ela foi um dos três painelistas durante a sessão "Podcast for Reach" na convenção virtual da Associação Nacional de Jornalistas Negros e da Associação Nacional de Jornalistas Hispânicos de 2020.

“Há uma ressalva quanto a isso”, acrescentou ela. “Quarenta e seis por cento estão inativos, o que significa que não lançaram um novo episódio em 90 dias.”

[Leia mais: Quer começar um podcast? Aqui estão algumas dicas]

 

Embora seja um mercado difícil, ainda há espaço para novos criadores. Se você está pensando em começar seu próprio podcast, mas não sabe por onde começar, a seguir estão algumas dicas da sessão para iniciantes em podcast:

Descrevendo sua ideia

A primeira etapa para criar um podcast é fazer um esboço para o seu programa. Um esboço simples de usar pode ser o seguinte:

  • Meu programa é sobre..
    • Que temas e assuntos o podcast vai cobrir?
  • No programa você vai ouvir…
    • O que acontecerá em cada episódio?
  • Você deve escutar se… 
    • Quem é a sua audiência alvo?

“Ser capaz de preencher isso com detalhes suficientes é uma ótima maneira de avaliar se uma ideia é promissora”, disse Se’ara Spragley Ricks, gerente de comunidade do PRX Podcast Garage.

Decidindo um formato

Uma parte importante do esboço do seu podcast é decidir qual formato você planeja usar. Existem muitos formatos diferentes para escolher: voz única, que tem apenas um apresentador; chatcast, que tem vários apresentadores; e narrativas de ficção e não ficção, que são programas baseados em histórias.

Nenhum formato é necessariamente melhor do que o outro, apenas certifique-se de escolher o formato mais adequado para sua ideia.

Ao iniciar o seu podcast pela primeira vez, os produtores aspirantes também devem manter seus episódios em torno de 30 minutos e publicar episódios a cada duas semanas, no mínimo, para manter o interesse dos ouvintes.

[Leia mais: 9 dicas práticas para fazer entrevistas remotas]

Equipamento e local

Há três equipamentos essenciais que todo podcaster precisa:

  1. Microfone. O primeiro equipamento, e indiscutivelmente o mais importante, é um microfone. Dois microfones populares para podcasters são o Blue Microphones Yeti USB e o RØDE Procaster, mas você pode encontrar outros microfones decentes online que se encaixam na sua faixa de preço.

  2. Gravador. O segundo é um gravador. Os TASCAM Portable Audio Recorders são opções muito populares e razoavelmente acessíveis. Você também pode gravar áudio diretamente em seu computador usando Adobe Audition, Pro Tools ou Audacity

  3. Fones de ouvido. Custam a partir de US$10. Entre as opções mais baratas e populares estão Skullcandy Grind Bluetooth Wireless ($44.50) ou Panasonic HJE120 Earbuds (19.99). Usar fones de ouvido é fundamental porque você pode ouvir o áudio enquanto está sendo gravado e, portanto, pode ajustar o volume e os barulhos de fundo em tempo real.

“Os microfones captam o som de maneira diferente dos seus ouvidos”, disse Spragley Ricks. “Você vai querer ter certeza de que está ouvindo o que seu microfone está ouvindo.”

Quando se trata do local, gravar em estúdio seria o ideal. No entanto, em um piscar de olhos, seu carro ou o interior de seu armário servirão. Evite salas com tetos altos, janelas grandes ou muita madeira ou superfícies de ladrilhos. Superfícies duras como essas fazem com que as ondas sonoras sejam refletidas, o que prejudica a qualidade do som. As superfícies macias absorvem as ondas sonoras, o que aumenta a qualidade.

Você também pode tornar seu estúdio improvisado à prova de som com itens macios como roupas, tapetes, cobertores e tudo o mais que você possa encontrar facilmente em sua casa. Antes de gravar, desligue todos os relógios, aparelhos de ar condicionado e qualquer coisa que gere barulho.

Monetizando

Para quem quer ganhar dinheiro com o programa, a melhor maneira é conseguir patrocínios de empresas -- de preferência grandes. No entanto, a maioria dessas grandes marcas só faz negócios com programas com uma média de 100.000 ouvintes por episódio em 30 dias. Para programas que estão apenas começando, uma ótima maneira de conseguir patrocínios é de marcas locais menores.

Outra forma de ganhar dinheiro é por meio do Patreon. Patreon é uma plataforma de associação onde os criadores podem obter financiamento de pessoas que ouvem seu trabalho. Os usuários se inscrevem em diferentes níveis de adesão e obtêm conteúdo exclusivo dos criadores.

Existem também várias organizações que oferecem bolsas e subsídios para jovens criadores de podcast. Um exemplo é a Podfund, uma empresa que faz investimentos únicos em podcasts em troca de parte de sua receita. Outro exemplo é o programa de criadores de Podcasts do Google, que fornece recursos e financiamento para podcasters, especialmente de vozes sub-representadas no podcasting.


Donethe Cyprien é estagiária da IJNet.

Imagem sob licença CC no Unsplash via ConvertKit. Crédito da imagem: Keith Pitts