Jornal espanhol subsidia tablets; especialista não garante que irá atrair jovens leitores

porvgimenez
Jan 25, 2012 em Diversos

O jornal El País é o mais recente jornal a oferecer tablets a preços populares a seus leitores.

Por €119 (cerca de US$150), um terço do valor comercial, leitores podem comprar um Airis OnePad 970. O tablet de Android vem com conteúdo pré-carregado, incluindo um mês gratuito de assinatura do aplicativo do El País.

Em um artigo promovendo a iniciativa, o jornal chamou de irrefreável o crescimento do sistema Android do Google e de responsável por aumentar a popularidade do conteúdo.

"Eles querem ser os primeiros a oferecer este tipo de iniciativa como uma maneira de atrair um novo público de leitores mais jovens que se interessarão pelas notícias", disse à IJNet Manuel Frascaroli, um jornalista e especialista de mídia baseado em Córdoba, Argentina.

Frascaroli disse que o jornal irá "expandir sua base de leitores, especialmente entre os novos usuários acostumados com os mais modernos aparelhos... também pode transferir à marca atributos positivos, como estar perto dos usuários, fornecendo tecnologia de ponta."

Outros jornais decidiram oferecer tablets subsidiados para os leitores, incluindo a Philadelphia Media Network, com quatro aplicativos contendo versões digitais de seus dois jornais, o Inquirer e o Daily News.

Segundo Frascaroli, El País quer, com a iniciativa, solidificar a sua popularidade depois de perder visitantes devido à instalação do pagamento para acesso ao site. Depois de anos sendo o segundo site mais visitado, o jornal recuperou o primeiro lugar como o site de notícias mais lido na Espanha. Em dezembro de 2011, atraiu 7,7 milhões de leitores. A atual estratégia do jornal combina conteúdo gratuito e pago. O jornal impresso e os apps de tablet são pagos, enquanto os conteúdos online e móvel são gratuitos.

Frascaroli não tem muita certeza sobre os benefícios a longo prazo em combinar tablets e imprensa.

O papel "continua sua queda, lenta mas certa, e talvez irá se tornar o cerne das plataformas móveis, para onde podem buscar novas fontes de receita que podem proporcionar rentabilidade para a empresa", disse Frascaroli.