Dentro do plano da Univision de alcançar 500 milhões de falantes de espanhol no mundo

porJames Breiner
Jun 7, 2016 em Empreendedorismo de mídia

A rede Univision é a mais importante empresa de mídia de língua espanhola nos Estados Unidos. Agora, seu braço de notícias digital está na mira dos 500 milhões de falantes de espanhol em todo o mundo.

Borja Echevarria, o editor-chefe do departamento digital, disse que sua equipe está no início de uma iniciativa destinada a falantes de espanhol na América Latina e no mundo.

"Estamos cobrindo tópicos que podem ocorrer na Bolívia, mas que poderiam estar relacionados a algo que ocorre na Colômbia ou no Peru", disse ele. "Nós não estamos tentando abordar temas altamente locais, pelo menos não nesta primeira fase. Estamos à procura de temas de interesse internacional."

Um exemplo do tipo de cobertura que ele descreveu foi um pacote de multimídia do Univision.com sobre o Lago Poopó, o segundo maior lago na Bolívia, que secou por causa da mudança climática e deixou uma comunidade de pescadores em situação precária.

Quando Echevarria viu imagens do lago, ele enviou um repórter e cinegrafista para documentar o impacto da história para a população local e colocá-la em um contexto mais amplo. (Esta matéria em particular também foi publicada em inglês, o que está sendo feito em uma base limitada, disse Echevarria.)

"Estamos tecendo uma rede de correspondentes e colaboradores em toda a América Latina. E este é o começo de uma estrada de onde não há como voltar atrás", disse ele. Ele mencionou a migração como uma outra área potencial de cobertura que tem impacto e apelo internacional.

Questionado se essa cobertura expandida foi amarrada a uma iniciativa de publicidade, Echevarria respondeu: "Os modelos de negócio mudam a cada cinco minutos. Agora, por exemplo, é o Facebook que dá a possibilidade de rentabilizar seus vídeos nativos. Não podemos esperar até que tenhamos os modelos de negócios perfeitos antes de lançar-nos em um território de 500 milhões de falantes de espanhol. Nisso é o que estamos focando."

O Univision.com é rentável, está crescendo rapidamente e está bem posicionado, disse ele, para continuar crescendo porque tem o que todo mundo quer: vídeo.

Univision e o mercado em inglês

Durante a visita do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em Cuba, a Univision fez uma cobertura em inglês por um novo membro da equipe, David Adams. Ele também cobriu a visita dos Rolling Stones, alguns dias depois. Echevarria disse que podemos esperar ver mais cobertura em inglês no site anteriormente só em espanhol, embora no momento a quantidade seja pequena.

Alguns dias após a entrevista com Echevarria, foi anunciado que a Disney retirou sua parceria com a Univision no Fusion, um canal pago e website em inglês voltado para o mercado de 18 a 34 anos, os chamados "millennials".

Originalmente, o Fusion foi destinado a atrair jovens hispânicos que consomem mídia em inglês, mas mais tarde a Univision mudou de rumo e expandiu a sua meta para todos os "millennials".

Qualquer pessoa prestando atenção ao mercado latino-americano nos EUA poderia ver que os hispânicos mais jovens estão cada vez mais favorecendo o inglês, como mostrado em um estudo do Pew Research Center no mês passado (gráfico à esquerda). Mais de um terço dessas idades de 5 a 17 fala apenas inglês em casa. A longo prazo, a empresa teve que fazer ajustes para reconhecer a realidade de que o público que só fala espanhol está envelhecendo e diminuindo proporcionalmente.

Empresa bilíngue multicultural

Echevarria disse que a Univision mudou o foco exclusivo em sua audiência de língua espanhola para uma empresa multicultural e bilíngue. Propriedades de língua inglesa da Univision incluem The Onion, uma publicação de notícias satíricas, The Root, destinado a afro-americanos, e Flama, um site de vídeo destinado a jovens hispânicos.

Enquanto Echevarria não tem envolvimento direto com as propriedades em inglês, ele disse que representam uma parte significativa do foco da Univision a longo prazo.

"Estamos nos tornando uma empresa multicultural com um foco nas minorias nos Estados Unidos, que representam 100 milhões de pessoas", disse ele. "Eu acredito que o futuro da Univision será totalmente multicultural e bilíngue."

Trazendo a Espanha a bordo

Echevarria mencionou que acaba de fazer uma grande contratação para sua equipe: Delia Rodriguez, editora de engajamento do público. Rodriguez desenvolveu o site de mídia social Verne, do jornal El Pais da Espanha, onde ela e Echevarria foram colegas. Ela também é autora de um livro amplamente citado, Memecracia, sobre memes e conteúdo viral na sociedade contemporânea.

"Delia é na minha opinião uma das jornalistas mais talentosas do mundo em se tratando de digital", disse Echevarria. "Ela tem um senso altamente desenvolvido do público e de como o público se movimenta no mundo digital."

Vai ser bom para a Univision se ela trouxer um pouco de seu público espanhol com ela. Como Bloomberg e outros meios de comunicação reportaram, a Univision está planejando uma IPO para o final deste ano e espera gerar até US$1 bilhão.

Este post apareceu originalmente no blog News Entrepreneurs de James Brenner e é republicado na IJNet com permissão. 

Imagem principal sob licença CC no Flickr via RobinJP. Imagem de Borja Echevarria cortesia de James Breiner; gráfico cortesia do Pew Research Center.