Como fazer o conteúdo do seu podcast se destacar

por Margaret Looney
Oct 15, 2015 em Jornalismo multimídia

Reunir todos os equipamentos que você precisa para começar seu próprio podcast é importante, mas os aspectos técnicos são apenas metade da batalha.

"Todo mundo tem perguntas técnicas... mas o que você realmente deve estar pensando é como criar um ótimo conteúdo", disse Michael O’Connell, produtor do podcast It’s All Journalism, na conferência da Online News Association, em Los Angeles.

Na semana passada, a IJNet resumiu a primeira parte da sessão de O'Connell e a editora executiva de digital da WBUR, Tiffany Campbell, "A Beginner’s Guide to Podcasting", que cobriu os cinco passos para começar seu próprio podcast.

Agora vamos focar na criação de um bom conteúdo para esse podcast já que você tem o conhecimento técnico. Aqui estão alguns tópicos-chave do painel com os especialistas:

Encontre sua audiência-alvo

"Não é simplesmente: 'construa e eles virão'", disse Campbell. "Você tem que sair e encontrar o seu público."

Os ouvintes não vão ser apenas pessoas que estavam navegando pelas ondas de rádio. Você tem que fazer um trabalho extra para atraí-los.

"Pensar sobre o seu público é realmente importante", disse ela. "Quando você está no rádio, as pessoas estão apenas ouvindo, porque isso é o que está no ar. Mas quando as pessoas escolhem assinar o seu podcast, baixar e ouvi-lo, fizeram uma escolha importante, então é um relacionamento que você tem que construir."

Ao tentar encontrar seu público-alvo, na verdade, faça uma lista das pessoas que poderiam querer ouvi-lo. Encontre pessoas que já estão interessadas no tema do podcast e entre em contato com essas redes, Campbell sugeriu.

"O verdadeiro desafio é se destacar entre o público 'hardcore' de podcasts", disse Campbell.

Encontre seu nicho

"Uma das coisas mais importantes a lembrar ao criar um podcast é como existem muitos lá fora", disse Campbell. "Então é muito importante encontrar o seu nicho."

Escolha um tema que você conhece bem e pode refinar em um ângulo específico. Se escolher um tema mais geral que já está inundando o mercado, então precisa abordá-lo de um ângulo muito particular.

"Se alguém vai comprometer-se a ouvi-lo, realmente tem que querer fazer isso", disse Campbell. "Isso é parte do apelo da indústria no momento. Uma vez que você tem alguém ligado e ouvindo, você os tem capturado de uma forma que não vemos com um monte de tipos de conteúdo. "

Escolha tópicos com prazos longos de validade

"[Podcasts] não ficam velhos da mesma forma que outros tipos de conteúdo", disse Campbell. "Pode ser um conteúdo tão perene que permite mais tempo para as pessoas o descobrirem, o que pode ser uma grande vantagem", disse ela, especialmente considerando como é difícil para um usuário descobrir novos podcasts.

Notícias de última hora nem sempre são a melhor receita para um podcast bem sucedido, O'Connell disse, embora muitas vezes podcasters examinem notícias urgentes dando um panorama maior ou conectando a uma causa.

Por exemplo, em vez de cobrir as notícias diárias do julgamento dos ataques na maratona de Boston, a rádio WBUR e o jornal Boston Globe se uniram para criar um podcast chamado Finish Line. A equipe analisou a cobertura como os repórteres conversam uns com os outros no tribunal ou se estivessem conversando em um bar.

Considere a duração e estrutura 

"A liberdade do formato pode ser realmente libertadora para as pessoas que têm experiência em rádio/TV", disse Campbell.

Muitos dos famosos programas de rádio são construídos para caber dentro de um bloco de uma hora, enquanto podcasts podem ser produzidos para atender o tempo de duração normal das atividades diárias -- como uma ginástica ou comuta para o trabalho.

Há também a liberdade no tipo de estrutura que você preferir. Algumas abordagens típicas incluem:

  • Estrutura simples de apresentador e entrevistado
  • Storytelling narrativa, que envolve a construção de histórias em torno de entrevistas com som natural e pode ser muito mais difícil e demorada
  • Estilo de conversação/engraçado, que lhe permite tirar proveito da intimidade que o podcast pode trazer. (É, literalmente, um bate-papo em seu ouvido, ao invés de alguém falando com você no carro.)

Técnicas de entrevista

Se você foi treinado como jornalista de texto, o estilo de entrevista será um pouco diferente.

"É parte performance", disse O'Connell. "Você precisa criar uma experiência para a pessoa que está ouvindo. Trata-se de promover uma conversação, tornando o conteúdo que você está criando interessante para as pessoas que estão ouvindo. Você faz isso através da preparação antes do tempo."

Envie as perguntas ao entrevistado e pontos da conversa antes do tempo para que se sintam confortáveis se abrindo a você e a conversa flua. E, no final, o produto é algo que você cria em conjunto, disse O'Connell.

Analytics e como medir sucesso

A indústria ainda está tentando descobrir o melhor conjunto de métricas para medir o sucesso de um podcast.

Há um debate em curso sobre o que é mais valioso -- o número de assinantes ou downloads. O número de downloads às vezes pode ser inflado, porque as pessoas podem assinar um podcast com boas intenções para ouvir todos os 12 episódios que baixaram, mas isso não significa que realmente vão ouvi-los. Você pode acompanhar as métricas com BlubrryPodtrac ou LibSyn.

Outra questão que podcasters estão tentando resolver é quanto tempo os usuários precisam entrar em sintonia com o podcast para que realmente possam contar como uma escutada. Tente experimentar com algumas técnicas de medição antes de escolher uma. Você vai precisar de números sobre o seu alcance de audiência para vender anúncios se quiser ganhar dinheiro com seu podcast.

Imagem principal sob licença CC ni Flickr via zoomar