Cinco maneiras de melhorar o apoio à mídia

porJennifer Dorroh
Feb 6, 2012 em Segurança do jornalista

Em muitos países, as organizações de desenvolvimento de mídia e de apoio à mídia treinam jornalistas, lançam projetos de comunicação e ajudam a construir instituições.

Doadores globalmente gastam mais de US$400 milhões por ano fazendo esse trabalho. Qual é o impacto e como poderia ser mais eficaz?

Uma equipe do Banco Mundial e Internews, financiada pela Fundação Bill e Melinda Gates, passou os últimos dois anos tentando responder a essas perguntas e muito mais. Seu Media Project Map examina as relações entre o setor da mídia, desenvolvimento econômico e governança, os papeis dos doadores, e oferece evidências para orientar futuras decisões sobre a assistência da mídia.

Eles apresentaram suas conclusões e criaram uma animada discussão em um evento organizado pelo Center for International Media Assistance, em Washington. O vídeo do evento está acessível aqui.

Aqui estão cinco maneiras, segundo os painelistas e participantes, como os doadores e grupos de desenvolvimento de mídia poderiam tornar a ajuda mais eficaz:

1) Confira a pesquisa. Um conjunto sólido de provas mostra que "se você tem um setor de mídia saudável, tem um melhor desenvolvimento e uma melhor governança", disse Tara Susman-Peña, diretora de pesquisa do Media Map Project. Infelizmente, disse ela, não há uma boa ponte entre pesquisa e políticas, prática, estratégia de doador ou política do país. "Isso é um elo grande que ainda tem que ser feito."

2) Pare de trabalhar isolado. Muitas vezes, disse Mark Nelson, do Instituto do Banco Mundial, há uma desconexão entre o trabalho na reforma do setor público, estado de direito e outras áreas de desenvolvimento e de mídia. O trabalho para essas metas deve ser integrado, disse ele.

3) Busque e desenvolva uma liderança local. "Um dos problemas importantes das assistências é que muitas vezes não são lideradas pelos países que estão recebendo o auxílio", disse Nelson. Sem autoria e liderança ao nível do país, é difícil ver os resultados e poucos líderes defendem a necessidade de desenvolver a mídia. "No mundo em desenvolvimento, essas vozes são muito fracas e realmente pouco escutadas com frequência", disse ele.

4) Seja seletivo sobre onde você trabalha. Em países onde falta liberdade de imprensa ou boa governança, a ajuda da mídia será muito menos eficaz, disse Daniel Kaufmann, conselheiro sênior do projeto. Neses casos, "não faz sentido estar envolvido... a menos que esteja ajudand apenas a determinados grupos com a tecnologia para contornar a censura da grande mídia."

5) Melhore o treinamento de segurança. "A comunidade internacional gasta centenas de milhares de dólares por ano em ajuda ao desenvolvimento da mídia, mas apenas uma fração [desse dinheiro] vai para o treinamento de segurança para os jornalistas", disse o conselheiro do Comitê para a Proteção dos Jornalistas, Frank Smyth , que estava na platéia. "Então, basicamente, oferecendo ajuda, você está incentivando os jornalistas a se tornarem melhores jornalistas, o que pode fazer com que virem alvos."

Como a ajuda à mídia poderia ser melhorada?