4 passos para melhorar o envolvimento da redação com a comunidade

por Lindsay Kalter
Mar 1, 2013 em Diversos

Na era digital, muitas organizações de notícias equivalem o envolvimento da comunidade com as redes sociais.

Mas o contato em pessoa pode ser tão importante quanto, escreveu James Janega do Chicago Tribune num post no Poynter. Janega compartilhou dicas sobre como jornalistas podem se conectar com leitores no cenário jornalístico atual.

Aqui estão algumas sugestões:

Mantenha os canais de comunicação abertos

"Escolha um assunto, qualquer tema, e convide uma dúzia de pessoas com pontos de vista surpreendentes para almoçar com uma dúzia de jornalistas. Isso descreve nossos almoços comunitários regulares de conversação com conectores locais e líderes de pensamento", escreveu Janega sobre as táticas de comunicação do Tribune. Alguns desses encontros lidaram com questões como dívida pessoal, animais de estimação e eleição. É importante deixar as pessoas falarem, ele recomendou, e é igualmente importante ouvir.

Deixe o público espiar por trás da cortina

A mídia deve oferecer informação também. Deixe os leitores saberem o que está por trás do processo de apuração de notícias. Mostre como as histórias foram descobertas e explique por que foram abordadas a partir de ângulos específicos. "Os leitores querem saber como o jornalismo funciona e por que tomamos certas decisões", escreveu ele.

Não ignore os comentários

Apesar dos comentários inúmeros, e às vezes acusatórios, que os leitores escrevem, é crucial que os editores levem as sugestões a sério. Fazer isso estabelece confiança com o público, Janega disse. "A mais básica e significativa interação social entre redação com seus leitores tem a ver com ser preciso, verificável e justo", ele escreveu. "Quando falhamos nessa premissa, os nossos leitores --e os nossos colegas-- esperam que a gente identifique e esclareça o erro rapidamente." As correções devem ser reconhecidas tanto nas versões impressa e online da matéria, disse ele.

Dê um rosto ao nome

A realização de eventos comunitários dá ao leitor a oportunidade de conviver com os repórteres em um ambiente puramente social, lembrando ao público que existem pessoas reais por trás de seu noticiário diário, Janega disse. Isso permite que o público veja veículos de jornalismo como grupos de pessoas de confiança, em vez de instituições duvidosas. "Quando muitos de nós começamos nossas carreiras, as instituições davam credibilidade às pessoas. Dê uma olhada ultimamente e verá facilmente que as instituições, incluindo organizações de notícias, são exatamente quem as pessoas não confiam", Janega disse

Via Poynter (em inglês)

O Poynter Online, parceiro da IJNet e site do Poynter Institute, é uma escola que serve o jornalismo e a democracia há mais de 35 anos. O Poynter oferece notícias e treinamento para qualquer agenda, com orientação individual, seminários presenciais, cursos online, webinários e muito mais.

Foto usada com licença CC no Flickr