12 dicas para escrever editoriais

porJennifer Anne
Dec 09 em Jornalismo básico
Balão de pensamento

Os editoriais são um produto básico das publicações tradicionais, e sua relevância continua enquanto mais e mais publicações optam para o digital como seu formato principal.

Em um artigo anterior, a IJNet explorou a separação muitas vezes confusa entre fato e opinião online. Diante desses desafios, escrever e produzir editoriais de qualidade é ainda mais importante.

A IJNet conversou com redatores, editores e instrutores em quatro diferentes cidades dos Estados Unidos para reunir suas dicas sobre como escrever editoriais.

(1) Compartilhe seu conhecimento

Deborah Douglas é uma professora visitante de jornalismo do Centro Pulliam na Universidade DePauw e ex-membro do conselho editorial do Chicago Sun-Times. Através de seu trabalho com projetos como o OpEd Project --que visa obter mais mulheres e vozes sub-representadas nos editoriais--, ela incentiva as pessoas a “aparecerem no mundo de uma maneira mais intensa”. Ela se envolve regularmente com acadêmicos através das Public Voices Fellowships e percebe que eles tendem a limitar o que falam à sua área específica de especialização. Na realidade, diz Douglas, eles têm outro conhecimento valioso para compartilhar.

Os jornalistas, como cidadãos educados e informados, também podem se beneficiar deste lembrete: o conhecimento adquirido através de reportagens é uma dádiva e deve ser compartilhado por meio de plataformas como editoriais, diz Douglas.

(2) Reúna múltiplas perspectivas

Quando uma notícia importante acontece, Douglas não fica apenas com suas fontes de notícias favoritas, ela lê jornais de todo o país para ver o que estão dizendo.

O conselho dela é sair da sua zona de conforto lendo reportagens nacionais e internacionais para garantir que você esteja ciente de todas as perspectivas. Ouça e reconheça a oposição em sua redação para iniciar um diálogo.

(3) Abrace a era digital

Douglas também sugere que jornalistas usem as mídias sociais como uma ferramenta de reportagem --especialmente os repórteres mais velhos que podem estar menos familiarizados com o meio. Aproveitar as formas pelas quais a mídia social fornece acesso fácil a informações é outra maneira de ampliar seu ponto de vista e garantir que você não ignore informações importantes.

(4) Atraia os leitores

Jay Evensen é colunista editorial sênior da Deseret News, em Utah, e instrutor de redação editorial na Universidade Brigham Young. Ele vai completar 60 anos em breve e diz que "pode ser intimidador" navegar pelas novas demandas do jornalismo digital.

Embora as regras tenham mudado, atrair o leitor sempre foi uma parte importante do processo da escrita. Junto com a promoção nas redes sociais, ele sugere princípios fortes --incluindo uma manchete e abertura-- que atraiam os leitores. Uma redação cativante também é importante.

(5) Remova as palavras vazias

Evensen também enfatiza que os redatores editoriais devem “acrescentar algo de valor para serem notados” e fazer isso com clareza.

Seu trabalho envolvia publicar editoriais que funcionavam como mensagens mais ou menos animadoras para os leitores. A equipe de Evensen decidiu abandonar os editoriais sentimentais para se concentrar em fornecer novas informações e perspectivas sobre a discussão pública.

(6) Alcance seu público-alvo

Evensen deu o exemplo de um editorial que ele escreveu que alcançou “uma audiência pequena, mas muito poderosa”. O condado de Salt Lake, em Utah, vinha pensando em mudar sua forma de governo há mais de uma década. Em 1997, Evensen escreveu um editorial que levou um legislador a escrever um projeto de lei para mudar o estilo de governo.

O editorial de Evensen não se tornou viral, mas certamente causou impacto.

Evensen sugere que os redatores não devem esperar fanfarra pelas suas colunas, e podem ser desencorajados pelo engajamento baixo, mas devem ser pacientes para que suas ideias realmente criem raízes quando caírem nas mãos certas.

(7) Considere o quadro geral

Na opinião de Evensen, a redação editorial é uma das partes mais importantes de um jornal porque ele considera que compartilhar o conhecimento de jornalistas a partir de uma voz institucional é "importante para nossa democracia". Sua esperança é que, apesar de todas as mudanças na era digital, a redação editorial vai durar.

(8) Comece logo a escrever

Após 12 anos como editor no Denver Post, Fred Brown agora trabalha como professor de ética da mídia na Universidade de Denver. Ao escrever editoriais, ele sugere começar a escrever seus pensamentos. Escreva até ficar cansado, ele diz, então olhe para um terço do seu trabalho e você encontrará seu ponto.

(9) Apague suas palavras favoritas

Brown sugere deixar para trás as palavras e frases que você adora ver no impresso. Tente apagá-las e ver se sua escrita é melhor sem elas. Brown diz que muitas vezes fica melhor sim.

(10) Engage o seu público

Matthew Hall, diretor editorial e de opinião do San Diego Union-Tribune, bem como o secretário-tesoureiro nacional da Sociedade de Jornalistas Profissionais dos EUA, aborda os editoriais como uma conversa direta com o leitor.

Para ele, escrever e publicar a coluna é apenas o primeiro passo. Então você deve compartilhar o editorial e perguntar aos leitores se eles têm alguma pergunta, comentário ou correção.

De acordo com Hall, o jornalismo trata-se de “tudo para construir uma comunidade melhor [e] melhorá-la de alguma forma”. O benefício da notícia digital é que ela permite que você faça isso em tempo real por meio do engajamento do público.

(11) Seja criativo

Com menos funcionários e menos recursos, as redações têm um trabalho mais árduo para atrair leitores. Hall e seus colegas do San Diego Union-Tribune encontraram sucesso através de editoriais criativos que fizeram uma declaração ousada, como um artigo publicado em abril que usou os nomes das pessoas mortas nos tiroteios em escolas nos últimos 19 anos para formar a palavra “chega”. Isso chamou a atenção das pessoas, e um leitor até mesmo emoldurou e colocou o editorial em sua parede.

"Se as pessoas estão falando sobre isso", disse Hall, "é a minha maior métrica [de sucesso]."

(12) Lembre-se do mais importante

Hall também afirmou que sua equipe adotou essas abordagens inovadoras para editoriais porque “precisamos sobreviver”. As publicações precisam gerar receita para se manter à tona. Essas colunas atraentes são uma maneira de construir a audiência.

Assinantes digitais também são importantes, e a publicação de Hall mantém o controle sobre o que atrai os leitores. Na semana anterior às eleições de 6 de novembro nos Estados Unidos, os 25 primeiros artigos que geraram assinaturas digitais foram artigos de opinião ou endossos.

 


Imagem sob licença CC no Pixabay via stux