Dicas de entrevista para jornalistas

porDavid Brewer
Aug 27, 2014 em Jornalismo básico

Use a entreviste como uma ferramenta de averiguação

Entrevistar é uma das principais habilidades de um jornalista. É por meio de entrevistas que você encontra fatos, ouve diversas perspectivas e aprende mais sobre as questões que está cobrindo. Trata-se mais do que um processo de sim ou não. É sobre a descoberta e extração de informações de notícias relevantes que não foram reportadas por outros.

Seja sempre educado

Quando você solicita uma entrevista, está pedindo a alguém para dar o seu tempo para que você possa reunir informações para uma reportagem. Você deve manter-se educado e agradecer ao entrevistado no final. Os membros do público não são obrigados a dar uma entrevista, e você não tem o direito de se intrometer na sua privacidade.

No entanto, as figuras públicas devem prestar contas; a entrevista é uma forma de ter suas ações examinadas, mas mesmo eles não têm que concordar em serem entrevistados se não quiserem. Então, você precisa entender que conseguir uma entrevista nunca é garantido e, quando alguém concorda em ser entrevistado, você precisa ser gentil e tratá-lo com respeito.

Não demonstre suas emoções

Em relação a tudo o que você sente sobre o que o entrevistado diz, tente evitar concordar ou discordar ou mostrar sinais de aprovação ou desaprovação.

Se você é um repórter de TV, evite balançar a cabeça, sorrir ou franzir a testa quando uma resposta é dada. Você pode ter sido treinado a fazer tomadas balançado a cabeça para que possam ser usadas ao editar a matéria mais tarde, mas isso deve ser evitado. Se o público vê-lo acenando com a cabeça para uma resposta dada pelo entrevistado, pode achar que você concorda com o ponto que está sendo feito, o que poderia prejudicar a sua imparcialidade.

Seu trabalho é reportar sobre o assunto que está cobrindo de forma objetiva e não se envolver emocionalmente. É natural ser afetado pela notícia, mas o jornalista profissional será fiel ao seu trabalho de descobrir e produzir fatos.

Seja claro sobre o que você quer

Diga ao entrevistado o que você quer falar e por quê. Seja honesto sobre o contexto no início. Você não deveria --a não ser em casos excepcionais, quando você sente que a informação não pode ser obtida de outra maneira-- entrevistar sob falsos pretextos. Se você acha que isto é necessário para chegar à verdade sobre o assunto, deve primeiro obter a permissão de seu editor sênior.

Não forneça um roteiro

Embora seja importante dar um aviso justo ao entrevistado das áreas que pretende cobrir, você nunca deve definir as perguntas como uma lista e entregá-las para ele ler antes da entrevista. Vão pedir para você fazer isso de vez em quando. Recuse, pois pode transformar a entrevista em um exercício gratuito de relações públicas.

No entanto, você deve explicar o escopo da entrevista e as áreas gerais de questionamento que quer cobrir. Isto vai dar ao entrevistado tempo suficiente para se preparar, o que, por sua vez, pode levar a uma entrevista mais informativa.

Responda aos ângulos da notícia

Deixe claro que, apesar de a entrevista ser para uma finalidade específica, pode fazer perguntas complementares se algo inesperado surgir. Se durante uma entrevista, uma nova informação de interesse é revelada, você precisa ser capaz de segui-la. É por isso que é importante dar ao entrevistado apenas um esboço do que quer discutir, em vez de limitar-se a definir as perguntas.

Faça sua pesquisa

Certifique-se de que você sabe os fatos e a história da matéria antes de realizar a entrevista. Você deve isso à pessoa com quem combinou de conversar e ao seu público: ser tão informado quanto puder.

Você não deve desperdiçar o tempo do entrevistado ou do seu público. Não há nada mais constrangedor do que cometer um erro bobo ou ser corrigido pelo entrevistado. Você também deve passar bastante tempo pesquisando a fundo o entrevistado, bem como o tema a ser coberto. Pode ajudá-lo a entender a razão por trás do que estão dizendo.

Não julgue

Mesmo se você acha que o entrevistado está errado, tem que tratar a pessoa com respeito. Você não deve ser influenciado por seus próprios sentimentos pessoais. Deve sempre permanecer objetivo, justo e imparcial, qualquer que seja o assunto e não importa como se sente sobre o que está sendo dito.

Suas emoções não importam; você é pago para reportar. Você precisa usar suas habilidades de entrevista para chegar à verdade sobre o assunto e apresentar essas informações de uma maneira que deixe o público livre para decidir o que é importante.

Não tente parecer inteligente

O ponto principal de uma entrevista é descobrir fatos que, se não tivesse sido pela sua entrevista, poderiam nunca ter sido descobertos. Não se trata de fazer você parecer bem. Se você tentar ser inteligente, os membros do público podem sentir isso e você pode perder o respeito deles. Isso também pode levar a uma tensão que pode atrapalhar a entrevista.

Preste atenção

Nunca se concentre tanto em sua próxima pergunta que você deixa de ouvir a resposta anterior. É extremamente chato se um jornalista faz uma pergunta que acaba de ser respondida. Igualmente, é embaraçoso para um jornalista deixar de pegar em uma linha dada na resposta anterior. Seu público vai saber que você não está ouvindo, e, se é um ponto importante que você perdeu, vão ficar decepcionados com você.

Não fique irrequieto

Tente evitar qualquer coisa que possa desviar a atenção do que está sendo dito. Tire documentos, canetas e etc fora do alcance tanto do entrevistado e de você. Além disso, tente evitar sentar em cadeiras de rodinhas ou de balanço, pois também podem ser uma distração. Evite obstáculos entre você e o entrevistado, como uma grande mesa; cria barreiras. Peça ao entrevistado para se sentar em uma posição confortável e relaxada para que ele possa se concentrar em suas perguntas e dar as suas respostas.

Verifique se há ruídos externos

Verifique se há sons externos que poderiam perturbar o fluxo. A exceção é quando o barulho é uma parte da história. A última coisa que você quer é chegar no estúdio com uma boa entrevista em termos de conteúdo, mas imprópria para transmissão.

Faça um resumo

Tente resumir os principais pontos da entrevista no final. É uma maneira de confirmar qualquer ângulo da notícia que foi levantado durante a entrevista. A palavra final sempre deve ser "obrigado".

Este artigo foi escrito originalmente para o Media Helping Media e publicado com permissão na IJNet.

O Media Helping Media é um site de informação de treinamento que dispōe de recursos gratuitos para jornalistas que trabalham em países em transição, pós-conflito e regiões onde a liberdade de expressāo e a liberdade de imprensa é ameaçada.

David Brewer é um jornalista e consultor de estratégia de mídia que criou e dirige o Media Helping Media. Ele fornece treinamento em estratégia de mídia e serviços de consultoria em todo o mundo. Leia mais detalhes no Media Ideas International Ltd.. Siga-o no Twitter: helpingmedia.

Imagem sob licença CC no Flickr via ShavarRoss.com