Site busca artigos sobre mudanças positivas no Oriente Médio e Norte da África

porمي اليان
Apr 8, 2011 em Jornalismo digital

Um novo site lançado no dia 5 de abril funciona como um centro de colaboração de notícias do Oriente Médio e Norte da África.

Chamado 1001 Stories of Common Ground, o site reúne blogueiros, ativistas, jornalistas, mulheres, jovens e leitores em geral para contar histórias que destacam as mudanças positivas relacionadas com a religião, etnia, gênero e raça no Oriente Médio e Norte da África.

O Search for Common Ground, uma ONG internacional com escritórios em mais de 20 países, está por trás deste ambicioso projeto publicado em inglês, árabe e francês. Ao contrário das histórias originais de "As Mil e Uma Noites", os membros contam suas próprias histórias do século 21, buscando inspiração nos contos da vida real de seus colegas e tendo no site um local para interação.

Nas próximas semanas, o site vai anunciar um concurso com prêmios em dinheiro que podem ser usados para participar de uma conferência ou oficina que os vencedores gostariam de assistir na região.

A IJNet conversou com Juliette Schmidt, diretora-assistente do Partners in Humanity no Search for Common Ground para saber mais.

IJNet: Como o conteúdo é reunido?

Juliette Schmidt: Todas as imagens, vídeos e textos no site são gerados pelo usuário. A associação ao site é aberta a todos, de forma gratuita, e qualquer membro com mais de 18 anos pode contribuir conteúdo.

IJNet: O que os contribuidores ganham por postar notícias no seu site?

JS: Qualquer pessoa pode enviar seus próprios artigos, fotos e vídeos para o site, desde que o conteúdo seja original e conte histórias de pessoas trabalhando juntas baseadas em uma visão em comum sobre um bairro, cidade, país ou região. Embora qualquer pessoa no mundo possa participar comentando sobre o conteúdo existente ou fazer upload de novos conteúdos, a maioria dos membros são do Oriente Médio e Norte da África.

O Search for Common Ground irá distribuir as histórias, imagens e vídeos mais inspirados e populares através do Common Ground News Service, um serviço de notícias semanais, que distribui artigos de opinião que fomentam o diálogo sobre temas importantes para a compreensão entre muçulmanos e ocidentais para mais de 30.000 assinantes por e-mail e milhares de meios de comunicação ao redor do mundo que republicam esses artigos nos idiomas locais.

IJNet: Como uma história é considerada um artigo de "mudança positiva"?

JS: O aspecto mais importante de qualquer conteúdo submetido é que ele conta a história dos diversos cidadão dos países do Oriente Médio e Norte da África ou MENA -- todas as origens, gêneros, classes sócio-econômicas, religiões, etnias -- trabalhando em conjunto para usar abordagens colaborativas, ao invés de contraditórias, para alcançar objetivos comuns.

IJNet: O conteúdo carregado é monitorado? Quem decide o que aparece no site?

JS: Artigos e fotografias são examinados assim que são lançados por uma equipe de administradores que trabalham em diferentes fusos horários para garantir que o conteúdo atenda aos termos e condições do site. O conteúdo de vídeo é analisado antes de ser publicado, uma vez que este meio é suscetível a spam, o que pretendemos manter fora do site.

IJNet: Como você verifica se o blogueiro ou jornalista cidadão tem o direito autoral de publicar as fotos e vídeos? Você confia em seus 20 escritórios locais da região?

JS: Qualquer pessoa pode enviar suas próprias histórias, fotos e vídeos para o site, desde que o conteúdo retrate exemplos construtivos de diversos grupos de trabalho para uma mudança social positiva. Todos os membros devem concordar com os termos e condições para postagem de conteúdo, da mesma forma que acontece em outros sites de conteúdo gerado pelo usuário, como o YouTube ou o Facebook.

A equipe local do Search for Common Ground em Marrocos, Iêmen e Líbano tem contribuído com a concepção, teste e lançamento deste site, porém a participação no site é aberta a qualquer pessoa e o conteúdo é dirigido pelos membros registrados do 1001 Stories of Common Ground.

IJNet: O site menciona que o objetivo é melhorar as relações entre muçulmanos e ocidentais. Por que não as relações entre muçulmanos e cristãos, as relações Oriente-Oeste ou até mesmo as relações árabe-ocidental?

JS: Existem muitos estereótipos tanto dentro do chamado mundo muçulmano como no chamado Ocidente que resultam em uma tendência de ver cada grupo como um bloco monolítico. Sites como este ajudam a destacar a diversidade de cada um, enquanto destacam os muitos e muitos grupos que trabalham de forma colaborativa para uma mudança.