Organização de notícias digitais chega à comunidade local com reportagem bilíngue

porNatalie Van Hoozer
Apr 9, 2018 em Diversos

Quando conto às pessoas que faço reportagens em inglês e espanhol para uma estação-membro da Rádio Pública Nacional (NPR, em inglês), elas geralmente ficam surpresas. Como estudante da Universidade de Nevada em Reno, trabalho para a Rádio Pública de Reno (KUNR, em inglês) e para o Noticiero Móvil — uma organização de notícias digital bilíngue espanhol-inglês administrada pela Faculdade Reynolds de Jornalismo.

Depois de encerrar o primeiro ano do projeto colaborativo, meus colegas e eu refletimos sobre o que aprendemos até agora:

O começo da parceria entre o Noticiero Móvil e a KUNR 

O Noticiero Móvil foi criado para abordar a falta de conteúdo local de notícias em espanhol no norte de Nevada, uma área com uma grande população que fala espanhol.

Michelle Billman, diretora de notícias da KUNR, compartilhava o desejo do Noticiero Móvil de se comunicar com mais pessoas da comunidade latina no norte de Nevada.

"Há simplesmente uma parte inteira da nossa comunidade com a qual não estamos conversando, não estamos servindo bem", diz Michelle. "Meu objetivo aqui é descobrir: Como nos conectamos com as pessoas que estão aqui?"

Para Vanessa Vancour, editora do Noticiero Móvil, a colaboração com Michelle e a KUNR foi projetada para oferecer aos estudantes jornalistas a oportunidade de produzir matérias bilíngues e trabalhar com uma organização de notícias externa.

Eu trabalho ao lado de outro repórter estudantil para propor matérias para Michelle, que nos ajuda a produzir a versão em inglês da história para ser exibida na KUNR. Então Vanessa e o Noticiero Móvil se envolvem para produzir a versão em espanhol para publicação online.

Vanessa e eu notamos que nossa equipe aumentou a diversidade da cobertura da KUNR. Questões que são importantes para as comunidades latinas eram abordadas de forma menos explícita na KUNR no passado, mas desde então são elevadas a uma posição mais proeminente. No ano passado, trabalhamos em histórias que vão desde explicadores sobre o processo de vistos nos EUA e DACA até matérias sobre sobremesas mexicanas e quinciñeras.

Alcançando a comunidade

Para criar confiança na comunidade latina do norte de Nevada, Vanessa e seus alunos (inclusive eu) passaram semanas desenvolvendo uma relação com membros da comunidade. Nós andamos por bairros predominantemente latinos para entender melhor a área.

"Eu acho que você realmente tem que dar um passo para trás e eliminar essa hierarquia que existia historicamente", diz Vanessa. “Você realmente tem que mudar sua perspectiva, pensando em si mesmo quase como colaboradores [com os membros da comunidade].”

Trabalhamos conscientemente para evitar um tom condescendente ao nos comunicarmos com os contatos, lembrando que muitos na comunidade latina foram explorados ou sentiram o impacto das reportagens "paraquedas" -- quando um repórter entra em uma área, faz uma matéria e sai sem construir um relacionamento com as pessoas de lá.

Eventos de jornalismo

Vanessa e sua turma organizam eventos para interagir diretamente com seu público e para determinar quais notícias são importantes para os locais. Alguns desses eventos incluíram sessões nas quais o grupo ouviu coletivamente uma matéria produzida para a KUNR.

É muito legal ver alguém destacado em uma de suas matérias reagindo a ela em tempo real. Descobri que direcionar o grupo para uma discussão após uma audiência pode revelar novas informações relacionadas ao tópico da história que acabou de ser transmitida. Também me ajudou a mostrar aos envolvidos na minha matéria que estou aberta e ansiosa pelo feedback deles.

Fazendo uma parceria funcionar

Michelle tem conselhos para outras redações que querem trabalhar com publicações locais e bilíngues.

“Eu aprendi que você deve ter certeza de que tem um parceiro realmente sólido, estar disposto a estar nisso por um prazo longo e ambos ter uma visão compartilhada de por que estão fazendo isso", diz Michelle. "Esta é uma parceria que levará tempo de fomentar e desenvolver."

Como ainda estou no processo de aprender como fazer reportagens em espanhol, leva tempo para eu produzir a versão em espanhol de uma matéria que reportei originalmente em inglês. Felizmente, trabalhamos com um tradutor profissional que fornece um nível de precisão que não teríamos se meus colegas repórteres e eu editássemos o trabalho uns dos outros.

Planos para o futuro

Estamos trabalhando para encontrar maneiras melhores de colocar nosso conteúdo online em espanhol para a comunidade de língua espanhola no norte de Nevada, que talvez nem saiba que esse conteúdo existe.

"Ainda não descobrimos completamente", diz Michelle. “Neste ponto, começamos a criar essa coleção de matérias em espanhol e, agora, nosso próximo passo é como as levaremos às pessoas certas para que possamos atendê-las com eficiência. Tudo isso leva tempo, inovação, experimentar coisas novas e esforços junto à comunidade latina.”

Continuaremos esta parceria de mídia entre a KUNR e o Noticiero Móvil no próximo ano com uma bolsa da Online News Association, expandindo a cobertura sobre imigração no norte de Nevada, trabalhando com a Meedan, uma empresa de tecnologia social. Os repórteres usarão o software Check para ajudar na checagem de fatos, particularmente nas redes sociais.

Crédito da imagem principal: José Olivares.

Imagem 1: A equipe bilíngue de notícias em espanhol e inglês do Noticiero Móvil realiza uma mesa-redonda com membros da comunidade e repórteres da KUNR (crédito: David Calvert). Imagem 2: Os participantes de um evento do Noticiero Móvil escrevem sobre suas reações e conversam sobre as matérias apresentadas (crédito: David Calvert). Imagem 3: A editora do Noticiero Móvil, Vanessa Vancour, lidera uma sessão de escuta em grupo com os participantes do jantar (crédito: David Calvert).