Jornalista do mês da IJNet: Khaled Safi

porIJNet
Apr 5, 2013 em Jornalismo básico

A cada mês, a IJNet apresenta um jornalista internacional que exemplifica a profissão e usa o site para promover sua carreira. Se você gostaria de ser apresentado, envie um e-mail com uma curta biografia e um parágrafo sobre como usa os recursos da IJNet aqui.

O jornalista deste mês é Khaled Safi, um blogueiro e ativista de mídia que ganhou o prêmio de 2012 para melhor blog em árabe da competição da Deutsche Welle. Safi é membro do Sindicato dos Jornalistas Palestinos, instrutor de novas mídias e blogs, além de trabalhar como designer na agência de notícias Shehab. Ele terminou recentemente o programa de treinamento das Nações Unidas para jornalistas palestinos.

IJNet: Como a IJNet lhe ajudou?

A IJNet normalmente publica artigos e oportunidades sobre jornalismo, mídias sociais e fotografia, e estes são alguns dos meus principais interesses.

Sou o apresentador de um programa de rádio semanal chamado "Páginas Técnicas", onde influencio o ouvinte para apoiar os interesses da geração jovem, abordando temas como novas mídias e como jovens jornalistas podem se beneficiar do desenvolvimento de habilidades de crowdsourcing. A IJNet me ajudou a melhorar a qualidade dos tópicos que escolho para abrir discussões e compartilhar conselhos com outros ativistas.

Também me apresentou para aos aplicativos e programas mais recentes em nosso campo, onde os recursos são limitados. A partir da seção da IJNet "Mídia Social como Ferramenta de Reportagem", encontrei informações que liga o meu estudo técnico a minha prática de jornalismo. Lá é que eu fui introduzido para as famosas palestras TED, reportagem móvel, melhores aplicativos e ferramentas da Web para jornalistas, além de como criar conteúdo atraente no Facebook.

A IJNet também me inspirou a criar vários episódios de rádio sobre conteúdo na Web árabe, discutindo formas de integrar as pessoas com deficiência no campo da tecnologia e divulgando competições mundiais sobre inovação tecnológica. Esses e outros episódios estão disponíveis aqui (em árabe).

Um dos melhores sites para mim é a IJNet. Eu sou um leitor fiel e estou sempre compartilhando suas oportunidades e artigos com s outros, inclusive na página de Facebook do Sindicato de Jornalismo Palestino que ajudo a dirigir.

IJNet: Como você tem ideias de pauta?

Eu geralmente me concentro em questões da juventude e tento destacar os principais obstáculos que enfrentam no que diz respeito à Palestina. Apresento notícias diárias, obstáculos e acontecimentos vividos pelo povo de Gaza. Sempre que leio sobre uma história de conquista, invenção ou uma nova ideia, tento colocá-lo no contexto da Palestina e do povo de Gaza. Minhas matérias mais influentes foram encontradas durante minhas caminhadas de campo em becos e ruas. Durante a minha viagem à Faixa de Gaza, tentei buscar novas histórias relacionadas ao ativismo, persistência e questões atuais.

IJNet: Qual foram as suas melhores matérias até agora?

IJNet: Que conselho você daria a quem aspira ser jornalista?

Eu acho que reconhecer seu objetivo claro e plena consciência desenvolve dentro de você a motivação para alcançar sua ambição e configurar seu público. Nunca desista e mantenha os quatro elementos de influência e sucesso na sua frente: objetivo, consciência, motivo e o público.