Dia Internacional de Verificação de Fatos conscientiza sobre notícias falsas

porSam Berkhead
Apr 3, 2017 em Fact-checking e verificação

Muito tem sido escrito sobre a atual crise de notícias falsas e desinformação, mas o que pode ser feito para capacitar os jornalistas e cidadãos para verificar as informações que veem online?

Organizações de notícias, faculdades de jornalismo e outros celebraram o Dia Internacional de Verificação de Fatos em todo o mundo no dia 2 de abril para aumentar a conscientização dos esforços e técnicas de verificação de fatos.

A Rede Internacional de Verificação de Fatos do Instituto Poynter liderou a iniciativa, em parceria com organizações como o Chequeado da Argentina, Google News Lab e o American Press Institute.

Atividades e discussões locais foram realizadas em cinco continentes, a maioria organizada por grupos comunitários.

"Queríamos que isso fosse uma coisa descentralizada que pudesse ser de feita por qualquer um que quisesse promover a verificação de fatos", disse Alexios Mantzarlis, diretor da Rede Internacional de Verificação de Dados.

O site da iniciativa possui diversos recursos para jornalistas e educadores de jornalismo, incluindo um plano de aula para professores do ensino médio, seis guias de "como fazer" e testes de conhecimento.

Os jornalistas podem fazer uso dos guias, que oferecem dicas para verificar tudo, desde lendas urbanas a artigos da Wikipédia. Os testes de conhecimento oferecem exercícios leves para os grupos testarem seus conhecimentos de verificação de fatos.

Os educadores podem fazer uso do plano de aula livre, que visa a próxima geração de consumidores de notícias em um momento de preocupantes níveis de literacia de notícias entre os jovens.

O plano inclui um exercício de leitura e anotação que determina a capacidade dos alunos de separar fato de ficção; exemplos de notícias falsas; dicas e ferramentas para verificação de conteúdo online de todos os tipos; e outros materiais para ajudar os professores a construir sobre o plano de aula.

"Fiquei realmente animado e quase surpreso com o nível de interesse no plano de aula", disse Mantzarlis. "Uma coisa é falar sobre a verificação de fato com jornalistas; outra coisa é falar sobre isso com jovens de 14 a 16 anos."

Até agora, o plano de aula foi traduzido para 13 idiomas (incluindo português, russo e espanhol) com mais traduções para vir. Antes de fazer o download do PDF em inglês ou em outras línguas, os usuários devem preencher um formulário básico de identificação.

Embora tenha durado apenas 24 horas, o Dia Internacional de Verificação de Fatos é um ponto de partida para um esforço de um ano em que o Poynter irá trabalhar para promover a verificação de fatos, checagem de dados e a literacia de notícias, segundo Mantzarlis.

"Esta é apenas uma iniciativa em uma operação de um ano", explicou. "Vamos continuar promovendo e construindo sobre isso e continuaremos a celebrá-lo nos próximos anos se conseguirmos o apoio financeiro para isso."

Imagem principal sob licença CC no Flickr via Megan Trace