Como a criação de mapas está evoluindo online

por Jessica Weiss
Feb 26, 2013 em Jornalismo digital

Apenas 10 anos atrás, era complicado para a maioria dos usuários da Web criar um mapa interativo online, se não impossível. Agora, jornalistas podem desenhar mapas bacanas com computação em nuvem (cloud computing) e publicá-los em minutos.

Nos últimos anos, a indústria de notícias começou a aproveitar oportunidades interessantes para mapas baseados na Web além do Google. O MapBox, uma ferramenta de dois anos, é um importante motor desse desenvolvimento.

Produto da Development Seed em Washington, o MapBox dá a redações e blogueiros a capacidade de controlar a aparência dos mapas e como os dados são exibidos. O MapBox tem sido usado para criar mapas sobre temas que variam de dados do censo americano, a previsão de fogo e "cachorros em Nova York."

Em setembro, a Fundação John S. e James L. Knight concedeu ao MapBox uma bolsa de US$575 mil para melhorar a infraestrutura básica do OpenStreetMap, um mapa mundial gratuito que utiliza crowdsource de voluntários.

No ano passado, o MapBox ajudou a lançar o InfoAmazonia, que traz notícias e mapas ambientais da região amazônica englobando nove países. Desenvolvidos por Gustavo Faleiros, bolsista do Knight International Journalism Fellowship, os mapas do InfoAmazonia abrangem questões que vão desde o desmatamento e indústrias extrativas a questões indígenas. A empresa também forneceu treinamento para os jornalistas que trabalham no site.

Para saber mais sobre o MapBox e o futuro dos mapas no jornalismo, a IJNet conversou com Alex Barth, desenvolvedor sênior da Development Seed:

IJNet: Uma variedade de jornalistas e organizações de mídia está usando o MapBox. Quais são alguns de seus exemplos favoritos de como a ferramenta está sendo utilizada no jornalismo e por quê?

Alex Barth: Aqui estão alguns exemplos que eu amo:

IJNet: Que habilidades e/ou conhecimento um jornalista ou organização de mídia precisa para contar uma história com o MapBox?

AB: Construir um mapa com o MapBox pode ser tão simples como colocar marcadores e compartilhar o resultado, seja com um link para o seu mapa no MapBox ou incorporando o mapa no blog como se faz com um vídeo de YouTube, por exemplo. Para ir além, você pode usar um mapa do mundo do MapBox baseado no OpenStreetMap ou a nossa camada de satélite e construir um aplicativo leve de notícias personalizado usando MapBox.js. Há alguns grandes exemplos e modelos para dar uma ideia do que é possível. Pode, claro, também optar por ir a fundo e criar um mapa baseado em telhas em várias camadas. Para isso, você pode usar o TileMill e criar os mapas e enviando-os para o MapBox. Você vai querer fazer isso se quiser ter um controle absoluto sobre a sua cartografia ou se tem dados muito detalhados, como no caso do mapa do censo na NPR. No outro lado desse espectro, você não precisa de nenhuma habilidade especial.

Para subir nos degraus de elaboração de mapas, você vai precisar ter algumas habilidades de programação de Web. Se quer criar seus próprios mapas a partir do zero, dados sólidos de processamento de dados e conhecimentos básicos de cartografia vêm a calhar.

Nós fornecemos ajuda continuamente atualizada e detalhada no mapbox.com/help e ficamos felizes de trabalhar com jornalistas em projetos de mapeamento específicos. Aqui no MapBox, estamos realmente animados com a transformação do jornalismo que está acontecendo agora --a velocidade com que os recursos interativos e, portanto, os mapas online-- estão sendo adotados e o nível de qualidade que estamos vendo nas equipes como as do New York Times, NPR, ProPublica, ou Washington Post.

IJNet: O que vê como possibilidades futuras para jornalistas e o MapBox? O mercado para o mapeamento jornalístico está expandindo?

AB: A maneira como olhamos para mapas e como os mapas são usados ​​no jornalismo está mudando muito rápido. Os mapas são incrivelmente importantes para as notícias --quase como imagens, e isso não é novo. O estranho, porém, é que, nos últimos anos, havia aparentemente apenas uma maneira de fazer mapas online. E isso está mudando rápido.... o MapBox lhe dá a capacidade de controlar a aparência dos mapas e como os dados são exibidos nesses mapas. Podemos dar a sua redação as ferramentas de que necessita para realmente dominar os mapas. Assim como domina o jornal impresso ou o site, você não deve esperar nada menos. Especialmente porque nós somos capazes de oferecer mapas personalizáveis do mundo com base no OpenStreetMap e mapas por satélite, estamos vendo um crescimento vibrante que esperamos que continue.

Imagem: Mapa do Censo dos Estados Unidos da NPR, cortesia do MapBox