5 conselhos para buscar investimento

porMelanie Hui
Jan 27, 2020 em Temas especializados
Dinheiro

Através do meu trabalho na Luminate, apoio organizações corajosas de jornalismo investigativo e checagem de fatos, além de uma variedade de meios de comunicação independentes e inovadores no sudeste da Ásia. Dependendo da estrutura ou das circunstâncias, minha equipe e eu fazemos doações sem fins lucrativos ou investimentos com fins lucrativos.

Eu tive um período no início de minha carreira como angariadora de fundos. Existem muitos tipos de financiadores e cada um funciona de maneira um pouco diferente. Mas, em geral, confira algumas regras práticas a seguir, depois de identificar um financiador que você acha que poderia apoiar seu importante trabalho.

Busque recomendações

Antes de fazer uma pergunta, você precisa encontrar o potencial doador ou investidor. Alguns financiadores realizam editais de propostas e o processo para serem considerados geralmente segue cronogramas e critérios estabelecidos. Outros financiadores usam um sistema de recomendação, contando com sua equipe e redes para obter oportunidades. Alguns oferecem as duas opções.

Uma recomendação pessoal será a maneira mais eficaz. Pense em quem pode falar com credibilidade e conhecimento sobre seu trabalho e em quem o potencial financiador pode confiar. Um outro doador seu de longa data seria o ideal. Os financiadores muitas vezes estão bem conectados entre si e provavelmente já se conhecerão.

Caso contrário, você ficará com as rotas usuais: procurar conexões no LinkedIn, tentar fazer contatos durante uma conferência e, como último recurso, enviar um e-mail não solicitado.

Faça sua pesquisa

Um e-mail frio impessoal, presunçoso ou excessivamente geral provavelmente não terá resultado. Com qualquer solicitação de reunião, você deseja mostrar como valerá o tempo do potencial financiador.

Leia o site deles, procure artigos ou blogs que possam ter publicado, obtenha informações de pessoas que conheçam o funcionamento interno da organização. Isso ajudará a abrir um diálogo falando na língua deles e de acordo com a missão. Um novo projeto pode ser de interesse da organização.

Mas seu site deve refletir o que interessará ao financiador: inclua uma página única descrevendo seu projeto, sem muitos cliques escondendo a mensagem principal. Dado o número de projetos que valem a pena e, infelizmente, o escasso pool de financiamento, você está competindo pela atenção deles e precisará de um gancho forte.

Construa um relacionamento

Em todos os casos, mesmo em solicitações de propostas, no outro extremo da sua inscrição está uma pessoa (ou um grupo de pessoas) com uma decisão de alocação a ser tomada.

Busque oportunidades para construir relacionamentos e cultivar defensores do seu trabalho em pessoa, se for possível. Dica: a pressão da urgência significa que você provavelmente terá uma reunião presencial se escrever: "Estarei na cidade em duas semanas, será ótimo conversar pessoalmente."

Seja genuíno e tente não ser excessivamente ansioso ou assediar o contato. Se você produziu uma atualização organizacional trimestral ou um relatório anual, compartilhe-a com potenciais financiadores, juntamente com uma nota pessoal pedindo para se reconectar. Essa é uma maneira discreta de manter sua organização na mente  das pessoas e criar mais oportunidades de diálogo.

Conhecer o financiador também ajudará você a avaliá-lo para garantir que esteja alinhado à sua missão.

Seja direto e específico

Depois de você ouvir diretamente sobre a estratégia, prioridades ou metas atuais do investidor para o ano, terá uma ideia muito melhor se sua organização é adequada ou não.

Todo mundo sabe que você não está apenas pedindo um café, então não termine nem uma reunião introdutória sem concordar claramente com as etapas de acompanhamento.

Isso pode ser fornecer mais informações, uma nota conceitual ou um relatório após um próximo marco. Pergunte se o investidor vê a oportunidade de se reunir para falar sobre um possível financiamento. E quando chegar a hora, seja direto e específico sobre que tipo de apoio você está buscando e por que a contribuição deles será particularmente significativa para sua organização no momento.

Não desanime

Entendo, falar sobre dinheiro é um tabu social. Para muitas pessoas, pedir dinheiro é uma experiência profundamente desconfortável. Mas se você se sentir envergonhado, isso fará com que a outra pessoa também se sinta desconfortável.

Então, vamos reformular isso.

Primeiro, lembre-se de que é literalmente o trabalho deles ouvir pedidos de investimento. E, em segundo lugar, você realmente não está pedindo dinheiro: o que você está dando a eles é uma oportunidade de ser um parceiro à medida que você inova e experimenta e de fazer parte de sua missão impactante.


Este artigo foi publicado originalmente no Splice Media e reproduzido na IJNet com permissão. 

Melanie Hui lidera o Luminate no sudeste da Ásia. Fundada em 2018, o Luminate é uma organização filantrópica global com o objetivo de capacitar pessoas e instituições a trabalharem juntas para construir sociedades justas e justas. Ela estará falando sobre captação de recursos no Splice Beta 2020.