Webb na Web: Introdução ao Blog Vivo

por Amy Webb
Mar 30, 2009 em Temas especializados

Digamos que há uma notícia urgente e você quer escrever uma matéria sobre ela para o seu blog.  Qual é o próximo passo? Você cria um novo blog usando Blogger ou WordPress? Chama um técnico e pede ajuda? O que fazer se o seu sistema de gestão de conteúdo não é moderno o suficiente para aguentar um blog vivo?

Escrever um blog vivo ou "liveblogging" é uma ótima maneira de fornecer cobertura contínua de um evento:

  • O que você escrever pode virar uma matéria mais longa depois.
  • Os usuários podem seguir a ação passo-a-passo na medida em que você publica as notas.
  • Os blogs vivos modernos também permitem que você inclua fotos, vídeos, áudio, mapas, links e mais.

Eu gosto de destacar o trabalho do LATimes.com (em inglês) em outubro de 2007, que usou um blog para informar sobre o incêndio florestal no sul da Califórnia que destruiu centenas de casas. Foi um trabalho de equipe que, na época, ajudou os residentes da área a saber mais sobre o que estava acontecendo.

Desde então, um número de novas ferramentas surgiram para tornar mais fácil escrever um blog vivo. A minha favorita atualmente é Cover It Live, uma ferramenta gratuita que funciona em vários idiomas -- inclusive em português. O que é muito legal é que não importa o tipo de site que você tem ou mesmo se você sabe linguagem de código. É uma plataforma muito simples que ajuda o leitor a fazer perguntas ou publicar comentários imediatamente. Você pode guardar um texto, publicar o blog vivo no YouTube, integrar o Twitter no sistema e muito, muito mais.

Para mais informação sobre o Cover It Live, visite aqui (em inglês).

Amy Webb é consultora de mídia digital e presidente da Webbmedia Group, LLC. Leia mais sobre dicas e idéias de multimídia em seu blog (em inglês), http://www.mydigimedia.com. Você também pode acompanhar a no Twitter e delicious. O Webbmedia Group é uma empresa de consumo neutra. Qualquer opinião sobre produtos ou serviços é formada após testes, pesquisas e entrevistas. Nem a Amy Webb,  o Webbmedia Group ou seus empregados recebem qualquer pagamento ou benefício de seus fornecedores.