Vinte dicas para manter a página inicial de um site

porIan Davies
Apr 14, 2011 em Jornalismo digital

A página inicial ou homepage de um site está lá para atrair os usuários e não afastá-los. Cuidar de uma homepage requer uma mistura de consciência da necessidade da audiência, planejamento, atenção ao detalhe, um toque editorial e adaptabilidade. É a janela para a sua organização e ferramenta para conquistar e manter sua audiência.

Ian Davies oferece suas 20 dicas para manter uma homepage.

1: Seja preciso

Sua página inicial representa os valores editoriais e a marca da sua organização. Assegurar-se de que o conteúdo esteja livre de erros, links incorretos e imagens mal apresentadas é vital. Evite a complacência -- não é incomum aparecer problemas em um site ao vivo, embora não haja problemas em uma plataforma de pré-produção. Confira todas as imagens, textos e links antes e após a publicação e envolva um "segundo par-de-olhos" (um colega) para verificar.

Se sua página inicial tem erros, os usuários vão pensar que o resto do site também tem

2: Permita que os usuários construam sua própria experiência

Pense no que os usuários podem querer saber e não no que você quer lhes dizer. A imprensa e TV são meios lineares, onde os editores entregam uma narrativa definida e completa para os usuários. Na Web, os usuários constroem suas próprias experiências e, normalmente, visitam um site com um objetivo em mente. Sua homepage deve expor o melhor conteúdo que você tem e tornar mais fácil para os usuários agirem.

Pense no que os usuários podem querer saber e não no que você quer dizer

3: Use frases curtas e vá direto ao ponto

A página inicial é um portal para o conteúdo do site e não o lugar para um editorial longo. Frases devem ser tão concisas quanto possível. Use apenas palavras que você precisa para transmitir a informação essencial e atrair mais usuários ao site.

Economiza nas palavras e acelere a velocidade

4: Promova a ação

O objetivo da página é encorajar o usuário a clicar no conteúdo e nas páginas subsequentes. As promos não devem tentar contar a história -- devem apresentar a história ou evento e atrair o usuário a clicar no conteúdo apresentado.

Uso expressões deliberadas, instrucionais que visem à ação (por exemplo, "veja o vídeo", "siga ao vivo",' leia o artigo completo", "veja a galeria de fotos", etc), mas evite acrescentar "clique aqui" para links; é desnecessário.

Use palavras que incitem a ação

5: Evite conteúdo genérico ou desatualizado

A Web é uma experiência 24 horas por dia, por isso a sua página inicial nunca deve estar desatualizada. Se você não pode comprometer-se a atualizar uma história ou evento em evolução enquanto acontece, não o promova na sua página inicial. Também evite material que seja coberto por outros, a menos que você tenha uma opinião diferente, atraente e original sobre esse material.

Mantenha o conteúdo atualizado e relevante e, se não pode atualizar uma história, não a cubra

6: Evite manchetes crípticas

As manchete de um site são normalmente também links, portanto o texto deve ser conciso, preciso e capaz de ser lidos rapidamente por usuários que buscam a informação que querem. O título deve imediatamente comunicar ao usuário se a história é interessante e deve permitir que o usuário clique sem ter que ler todo o texto promocional que o acompanha.

A manchete é incompleta se depende do texto que a acompanha

7: Limite links a uma linha

Links que tomam duas linhas devem ser evitadas.

Já disse o suficiente

8: Dê aos usuários opções de links adicionais

Não assuma que todos os usuários querem a mesma coisa de uma história particular ou promoção de conteúdos. Se você tiver condição, disponha de links complementares a conteúdos de apoio ou relacionados. Lembre-se que você sabe qual o conteúdo que tem, mas os usuários não. Se você quer que eles achem o conteúdo, tem que fornecer instruções.

Ofereça uma variedade de links para uma vasta gama de conteúdo de suporte

9: Foque nas imagens

Imagens fornecem um sinalizador visual chave para os usuários. Elas são tão importantes quanto as manchetes e texto promocional. Selecione as imagens com cuidado -- e certifique-se de que qualquer imagem usada esteja intimamente relacionada com as imagens encontradas em páginas relacionadas subsequentes, galerias de fotos ou vídeos. Closeups tendem a funcionar melhor do que grandes cenas ilustrativas, assim como rostos e personalidades reconhecíveis. Tenha cuidado, também, em considerar a página em sua totalidade; se você tem cinco espaços de imagem disponíveis, veja se as fotos não são todas tomadas de cabeça e ombros.

Certifique-se de que cada imagem conte uma história

10: Formate o texto com atenção

A aparência de um promo muitas vezes define como é fácil sua leitura -- os usuários que estão escaneando o conteúdo à procura de itens de interesse vão se desestimular ao ver conteúdo mal formatado. Certifique-se de trabalhar o texto de maneira a preencher o espaço disponível e evitar viúvas ou órfãos.

Conteúdo formatado afasta os usuários

11: Torne-se um especialista em Web analytics

O comportamento do usuário na Web é quase totalmente mensurável. Entender quando os usuários chegam ao seu site, quanto tempo gastam para acessar o conteúdo, o conteúdo que acessam e de que maneira navegam no seu site irá fornecer uma visão vital. Por exemplo, se você sabe que a maioria dos seus usuários visitam seu site das 8 horas às 18 horas, use esse conhecimento para definir sua agenda de publicação de conteúdo. Da mesma forma, se o analytics dizer que certos tipos de conteúdo ou artigos não estão funcionando, seja corajoso o suficiente para alterá-los.

Regularmente analise o que funciona e o que não funciona e esteja preparado para fazer mudanças

12: Não assuma que o conteúdo "abaixo da dobra" não vá funcionar

Pode ser uma idéia errada que tudo deva parecer "acima da dobra" - a linha imaginária que é marcado pela parte inferior do painel do navegador. Clicar para ver o que tem na parte inferior é um comportamento comum dos internautas, então não tenha medo de colocar conteúdo na parte de baixo da página. Como em qualquer outra promoção, consulte o Web analytics para avaliar continuamente a eficácia do conteúdo.

A homepage é mais do que aquilo que aparece acima da dobra

13: Agende atualizações de conteúdo

Os usuários esperam que os sites para sejam atualizados com frequência, portanto atualizações planejadas e agendadas na sua página inicial devem formar a base de fluxo de trabalho do seu site. Trabalhe adiantadamente; realize reuniões mensais com os colaboradores de planejamento para definir um calendário de eventos esperados, reuniões semanais para definir os detalhes em torno desses eventos e reuniões diárias para permitir que você seja reativo. Desenvolva estruturas e processos para permitir que os colaboradores comuniquem o conteúdo da nova página inicial aos editores; considere modelos padrão para a apresentação que incluam detalhes fundamentais da história, links e imagens a serem usados; e defina prazos estritos para a contribuição.

Planejamento é fundamental para a gestão adequada de uma homepage

14: Seja reativo e proativo

A página inicial -- em particular para uma organização de notícias -- também deve ser reativa e proativa. Você precisa estar no caso, assim que a notícia acontece, mas também precisa estar ciente do que está chegando e precisa planejar com antecedência. Há muita coisa que pode fazer com antecedência. Ambas mentalidades são necessárias para garantir que a homepage atenda às necessidades do público. Atualizações essenciais ou em tempo útil não devem esperar pelas atualizações regulares (ver ponto 3 acima).

Sua homepage deve ser tanto reativa como proativa

15: Considere os caminhos dos internautas com atenção

Não frustre o usuário, levando-o através de um número de páginas antes de chegar ao conteúdo que ele deseja acessar. Se a promo diz "veja o vídeo", assegure-se de que o link a ligação fornecido leva o usuário a esse conteúdo.

Verifique se os links levam os usuários aonde pensam que vão

16: Entenda as dependências

Certifique-se de as atualizações em qualquer promo dada a uma história ou evento em particular estejam sincronizados com a publicação de atualizações em todo o site. Comunique-se com editores da respectiva seção para garantir que o que está escrito na página inicial corresponde a qualquer a conteúdo relacionado.

Sistemas de comunicação internos determinam a eficácia do site

17: Invista nos recursos próprios

A gestão eficaz de uma homepage deve estar no centro de operação do seu site. Entenda a demanda para seu site por parte dos usuários -- por meio do analytics -- e oraganize os recursos e mude padrões de acordo. Alguém tem de gerir este processo; não pode ficar ao acaso.

A gestão eficaz de uma homepage está no centro de operação de todos os sites bons

18: Experimente e prepare-se para aprender

O legal da Web é que as coisas podem ser mudadas. Experimente, avalie o uso e utilize esse conhecimento no processo de planejamento. Você nunca vai saber o que está funcionando e o que não está funcionando sem testar suas ideias. Faça-o de uma forma estruturada de modo que possa medir a resposta da audiência. Acima de tudo, esteja preparado para aprender o que funciona e o que não funciona.

Sempre esteja à procura de novas formas de apresentar o conteúdo

19: Verifique se o seu site é acessível

Para os usuários com deficiência visual ou para aqueles com velocidades de conexão ruim ou navegadores mais antigos, as imagens podem causar problemas. Se possível, assegure-se de que as imagens têm alt tags (etiquetas) descritivas, ao invés de identidades geradas automaticamente. Saiba o que outras medidas de acessibilidade você pode aplicar para o seu site em www.w3.org.

Seu site não deve ter barreiras à entrada e deve ser acessível a todos

20: Seja pragmático quanto à eficácia da sua página inicial

Aceite que nem todos o seu tráfego vem através da página inicial. Um bom otimizador de motor de busca (Search engine optimization ou SEO), navegação sólida e editorial atraente podem significar que a maioria dos usuários não irá encontrar os conteúdos em seu site através da página inicial.

Os usuários podem, no entanto, navegar até a página posteriormente -- assim ainda pode haver uma oportunidade para levar os usuários mais a fundo no conteúdo que você tem. A homepage pode funcionar apenas se o conteúdo é de alta qualidade e focado nas necessidades do público-alvo. É um ponto de entrada, mas não o único ponto de entrada. Certifique-se de que todas as páginas funcionem bem com as ferramentas de busca.

Crie uma página bacana, mas não depende dela

Este artigo foi publicado originalmente no Media Helping Media. Foi traduzido e publicado pela IJNet com permissão. Media Helping Media é um site de capacitação que dispõe de recursos de mídia gratuitos para jornalistas que trabalham em países em transição e pós-conflito e regiões onde a liberdade de imprensa é ameaçada.

Foto por yum9me, usada com CC-license