Reportagem multimídia: Produzindo vídeo para a Web, Parte 1

poromemarian
Jan 17, 2010 em Diversos

Pacotes de vídeo são componentes importantes de uma reportagem multimídia. Não há um padrão claro que define a duração das reportagens de vídeo online, mas em geral estes pacotes duram menos de 10 minutos.

Por que usamos este tipo de plataforma como mídia de contar histórias? Mimi Chakarova uma fotógrafa documentarista que ensina jornalismo multimídia na faculdade de jornalismo da Universidade da Califórnia, em Berkeley, acredita que vídeo pode contar histórias muito melhor do que outros meios de comunicação.

Chakarova disse à IJNet: "A questão principal sobre vídeo na Web é por que escolher o vídeo como ferramenta básica para contar a história? Quais elementos da história e assunto que devem se transmitidos através do vídeo? Em geral, o movimento do enquadramento, quando bem feito, pode informar de maneira que a imagem e o áudio não conseguem".

Chakarova disse que vídeos online oferecem o que a fotografia parada e o áudio oferecem juntos. Gestos e movimentos corporais são muito difíceis de mostrar através de outros meios, ela explicou.

Antes de começar a usar vídeo, precisamos avaliar o valor desta mídia. Mais ainda, se estivermos filmando sozinhos, temos que primeiramente ter certeza de que conhecemos bem o nosso equipamento. Repórteres multimídia muitas vezes trabalham sozinhos, por isso é aconselhável passar um tempo aprendendo como usar a câmera – lendo o manual – para evitar possíveis problemas na locação. Matérias de vídeo online ou cursos de treinamento também podem ajudar videojornalistas a conhecer as técnicas da filmagem para a Web.

Ao produzir vídeos para a Web, seguimos os princípios básicos da produção de vídeo. Porém, levamos em conta os limites da Web. Por exemplo, devemos evitar certos efeitos  como  ‘fades’ e ‘dissolves’, porque quando os arquivos de vídeo são comprimidos  para publicação online, a qualidade da imagem deteriora. Fazer close-ups e distanciamentos muito rápidos (‘zooming in e out’), ou movimento demais, têm o mesmo efeito negativo quando o vídeo vai online.

Quando fazer um vídeo, é importante não começar o movimento imediatamente depois de apertar o botão de gravar. Em vez disso, a câmera deve estar parada por alguns segundos antes de qualquer movimento. Do mesmo modo, no final da gravação, é importante manter a câmera parada por alguns segundos antes de parar a gravação.

Como em todo o projeto multimídia, antes de começar um projeto de vídeo online, devemos traçar um plano para considerar que imagens e filmagens são necessárias e preparar-se para a(s) entrevista(s). Também é importante estimar a duração desejada para a reportagem. Por exemplo, para um vídeo de 4 a 6 minutos, editar uma fita com mais de uma hora de filmagem seria uma tarefa difícil.

Um plano bem organizado podem ajudar a determinar as sequências das imagens, o que pode ajudar na fase de edição.

Segundo Charlotte Buchen, uma produtora de vídeo do programa Frontline na PBS: "A edição de vídeo gasta mais tempo, então se você filma com a intenção de não editar muito, torna as coisas mais fáceis para você. Isto pode envolver maior preparação antes da filmagem para que você saiba o que está buscando – por exemplo, duas ou três perguntas que gostaria de fazer”.

E acrescentou: "Um bom áudio é importante para o vídeo online. As pessoas muitas vezes não se dão contam disso, mas irão tolerar uma câmera balançado ou imagens fora de foco se o áudio for bom. Bons microfones são tão importantes quanto enquadramentos firmes em foco, propriamente expostos e com cores equilibradas”.

A continuar.

Memarian é um premiado jornalista e blogueiro iraniano com artigos publicados no New York Times, San Francisco Chronicle e LA Times. Memarian é formado em jornalismo multimídia da Universidade da Califórnia, em Berkeley.