Recursos online para ajudar a entender o conflito Israel-Palestina

porNatasha Tynes
Jul 30, 2014 em Temas especializados

Se você está tentando dar contexto à mais recente escalada da violência entre israelenses e palestinos para o seu público ou para si próprio, aqui está uma lista de contas nas redes sociais para conferir, acompanhada de uma lista de sites que podem ajudar você a entender o conflito a fundo:

No Facebook

Um número de jornalistas que está atualmente cobrindo o conflito do campo está utilizando o Facebook de forma eficaz para disseminar informações e interagir com o público. Entre eles está Ayman Mohyeldin, correspondente estrangeiro para a NBC News. O jornalista árabe-americano (que foi retirado rapidamente de Gaza e, em seguida, enviado de volta após uma reação do público) foi um dos primeiros jornalistas a relatar a história de quatro crianças palestinas que foram mortas em uma praia de Gaza por um ataque israelense. A cobertura do conflito de Mohyeldin ganhou o respeito de colegas jornalistas.

Veja a página de Mohyeldin no Facebook aqui e siga as suas atualizações, assinando o seu feed.

As reportagens da correspondente do New York Times Jodi Rudoren em Jerusalém são amplamente lidas e discutidas em todo o mundo. Além de suas atualizações em tempo real, ela também é conhecida por ter um bom envolvimento com os leitores na sua página no Facebook.

Também reportando do campo, Anne Barnard do Times publica atualizações regulares de Gaza em seu cronograma verificado no Facebook.

No Twitter

Não há dúvida de que o Twitter está mudando a cobertura do conflito israelense-palestino.

Aqui estão alguns jornalistas na região que vale a pena seguir no Twitter: Sarah Hussein da AFP; Nick Casey, o correspondente do Wall Street Journal no Oriente Médio; Rushdi Abualouf, um jornalista palestino baseado em Gaza; e Ruth Eglash, correspondete do Washington Post em Jerusalém.

Você pode encontrar ainda mais contas no Twitter para seguir nesta lista.

Contexto sobre o conflito

Se você é um jornalista novato no conflito, os seguintes sites vão explicar como as coisas chegaram a este ponto:

A BBC tem um página dedicada ao conflito, que inclui algumas informações.

Outro recurso para conferir é um guia interativo da crise, criado pelo Council on Foreign Relations, que fornece contexto histórico e geográfico.

A revista online Vox dá uma visão geral básica do conflito em seu artigo, “9 questions about the Israel-Palestine conflict you were too embarrassed to ask” (9 perguntas sobre o conflito israelense-palestino que você tinha muito vergonha de perguntar)

Para terminar, o Huffington Post tem uma página dedicada ao conflito israelense-palestino com notícias atualizadas e blogs de colaboradores.

Natasha Tynes é uma jornalista com base em Washington.

Foto de arquivo cortesia de Joe Catron no Flickr sob licença CC