Por que o futuro das notícias locais depende de colaboração e construção de confiança

porSam Berkhead
Apr 19, 2017 em Jornalismo colaborativo

Para as notícias locais sobreviverem na era digital, a construção de um ambiente colaborativo e a recuperação da confiança dos leitores serão essenciais, segundo um grupo de especialistas que participaram do último bate-papo da IJNet.

Seus insights foram compartilhados dias depois do Storm Lake Times, um jornal familiar em Iowa com uma equipe de 10 e uma circulação de 3.000, ganhar um Prêmio Pulitzer para redação editorial. Foi uma das vitórias mais surpreendentes deste ano, com um pequeno jornal local juntando-se à lista de gigantes do jornalismo nacional como o New York Times e Washington Post.

"Foi muito impressionante ver uma pequena organização de notícias lançar luz sobre poderosos interesses em nome da comunidade e transparência em um caso importante", disse Amalie Nash, diretora regional executiva da Região Oeste da Gannett.

O Storm Lake Times é a exceção sortuda num momento em que muitas organizações de notícias locais estão encolhendo, deixando um vácuo de cobertura de notícias nas comunidades fora dos grandes centros urbanos da nação.

Com isso em mente, os participantes do bate-papo analisaram possíveis soluções para reconstruir e revitalizar as notícias locais: 

Encontrando histórias locais que importam

Com muita frequência, a cobertura de notícias locais é relegada a editorias prosaicas como as reuniões do conselho escolar. Seja por falta de recursos ou por falta de furos, o tipo de narrativa em profundidade que você veria em uma coluna de Dan Barry é uma raridade em organizações de notícias menores.

Em muitos casos, nada substitui a eficácia de simplesmente sair da redação e falar com pessoas em sua comunidade cara a cara, disse Nash. Juntar-se a grupos do Facebook e seguir listas do Twitter também podem ajudá-lo a encontrar histórias de valor pouco reportadas.

O Bristol Cable, uma cooperativa de mídia em Bristol, no Reino Unido, consegue ideias de pauta procurando um ângulo local em notícias maiores.

"Acho que é bom seguir as notícias nacionais e internacionais e depois perguntar: como isso está se desenvolvendo no meu quintal?", disse Alon Aviram, cofundador do Cable. "Um número de matérias importantes aconteceram desta maneira. Por exemplo, nossa investigação sobre vigilância policial, que foi inicialmente incitada por uma investigação na Suécia."

Teresa Gorman, do Local News Lab, recomendou uma série de recursos para os jornalistas locais que procuram ideias de pautas mais criativas, incluindo o Listening Post e Hearken.

"A Free Press tem um kit de ferramentas útil para criar uma redação que tenha dicas para encontrar pautas", acrescentou. "Eu também recomendo checar o site Gather para obter mais recursos e ideias."

Construindo confiança nas comunidades

A atual falta de confiança do público na mídia tem atingido o jornalismo local, tanto quanto o nacional. Então o que pode ser feito para reconstruir essa confiança com as comunidades que servimos?

Jesse Hardman, fundador do Listening Post, disse que reportagens tradicionais de bater perna desempenham um papel fundamental na conexão de jornalistas com suas comunidades.

"Cobrir eventos da comunidade... constrói essa confiança da comunidade", disse Hardman. "Isso mostra que você está disposto a gastar tempo naquele lugar. Fontes vão emergir dessa cobertura regular que pode ajudá-lo com suas matérias mais aprofundadas."

Encontrar um equilíbrio entre eventos comunitários regulares e reportagens mais profundas e investigações continuará a ser uma obrigação para as organizações de notícias locais, concordaram os participantes do chat.

"Eu gosto da abordagem de fogão ligado," disse Kristen Hare, que cobre inovações do jornalismo local para o Instituto Poynter. "Eu tenho uma panela em cada boca do fogão, nas de frente e trás, em todos os momentos. As panelas da frente tendem a ser notícias rápidas ou urgentes. As panelas de trás são projetos de médio e longo prazo. O truque para mim é mexer nas panelas de trás regularmente para não a) queimar ou b) evaporar. "

Gorman citou seu lema -- histórias, equipe e fontes diversificadas -- como uma obrigação para construir a confiança em sua comunidade.

Promovendo colaboração

Por fim, a colaboração com outras redações será vital para as organizações de notícias locais que procuram não apenas sobreviver, mas prosperar.

Isso ocorre porque a colaboração pode permitir que as redações se beneficiem das habilidades e especialidades umas das outras ao mesmo tempo em que alcançam uma audiência combinada maior e recebem a atenção dos financiadores, explicou Hardman. Em maio, haverá uma conferência inteira construída sobre a ideia de colaboração.

"Uma história inacreditável de estupro", que ganhou um Pulitzer no ano passado na categoria matéria explicativa, foi uma colaboração entre o Marshall Project e a ProPublica", disse Nash. "Como isso aconteceu: repórteres em ambos os locais investigaram diferentes aspectos dessa investigação. Eles aprenderam uns com os outros. No passado, teriam se esforçado para um dar furo no outro. Mas nesse caso, eles se uniram. O resultado final foi uma das melhores matérias de jornalismo que já li."

Para ler mais sobre todas as notícias locais, assine o Local Edition do Hare e Local Fix do Democracy Fund.

Imagem sob licença CC no Flickr via marc thiele