Nova plataforma vai acompanhar como o dinheiro é usado em ajuda internacional

porSam Berkhead
Nov 30, 2015 em Jornalismo de dados

No setor de desenvolvimento internacional, o número de documentos e dados disponíveis online é muito grande, mas quando se trata de buscar e interpretar esses dados, as coisas se tornam mais complicadas.

Robert Bourgoing descobriu esse obstáculo durante seus nove anos de trabalho no Global Fund Durante esse tempo, Bourgoing trabalhou para promover a transparência de dados através da construção de um site para rastrear cada dólar que o Global Fund recebeu e mostrar às pessoas onde este dinheiro foi.

"Eu percebi que quase ninguém estava fazendo uso desta transparência", disse ele. "Ninguém estava realmente fazendo uso do que eu pensava ser um tesouro de histórias para os jornalistas. Isso abriu meus olhos para o fato de que a transparência não é apenas acumular dados e documentos em um site. Não é o suficiente."

Vendo a necessidade de melhorar as iniciativas de treinamento atuais, Bourgoing decidiu criar o AidInfoPlus, uma plataforma de treinamento online gratuito para ajudar a incentivar a transparência e a responsabilidade na ajuda internacional ao mostrar a jornalistas, ativistas, trabalhadores humanitários e outros como usar dados abertos.

"O que eu queria fazer é ajudar as pessoas a ganhar o controle sobre as informações relacionadas com a ajuda [humanitária], já que há US$130 bilhões de gastos anualmente sobre isso", disse ele. "Para onde foi tudo isso? Quem recebe, para fazer o quê, com que sucesso?"

Bourgoing disse que o AidInfoPlus estará pronto para ser lançado no início do próximo ano, assim que adquirir o investimento inicial suficiente. O  AidInfoPlus irá incentivar o jornalista a minar o "tesouro" de dados sobre a ajuda humanitária online, permitindo descobrir histórias que mantêm responsáveis os governos e as organizações de desenvolvimento. A plataforma visa fazê-lo através de uma abordagem multifacetada:

Hotline de dados AI+ 

O componente central da plataforma AidInfoPlus é a sua hotline de dados -- um serviço em que os usuários podem fazer qualquer pergunta relacionada com a procura, acesso e compreensão de dados de desenvolvimento online.

Em resposta a essas perguntas, a equipe AidInfoPlus irá criar, tutoriais passo-a-passo em vídeo de curta duração, Bourgoing explicou. Esses tutoriais de especialistas irão abranger uma vasta gama de tópicos, incluindo como escolher recursos online e ferramentas corretas; utilizar motores de busca; e raspagem, limpeza, verificação e visualização de dados. O tempo para responder vai variar dependendo da complexidade da questão e os prazos dos jornalistas, mas Bourgoing disse que os jornalistas devem receber suas respostas dentro de um ou dois dias. As respostas serão fornecidas em inglês e francês.

"Queremos ajudar a dar não só respostas, mas mostrar publicamente o processo de raciocínio para chegar a esta informação de uma forma passo-a-passo", disse Bourgoing. "Com o tempo, essas pequenas unidades de treinamento vão se transformar em uma referência online de como procurar por fluxos de ajuda -- de onde veio o dinheiro, para onde foi, quem tem dinheiro para fazer o quê."

Antes do lançamento oficial do AidInfoPlus, Bourgoing disse que vai fazer o máximo para responder as perguntas enviadas para o hotline de dados. No entanto, sua capacidade será limitada até o investimento chegar.

Apresentações de profundidade

Além do hotline de dados, o AidInfoPlus irá produzir apresentações de vídeo mais aprofundadas relacionadas com a mineração de dados de desenvolvimento global. Estes vídeos, que se assemelham a webinários, irão introduzir os usuários a alguns dos mais ricos recursos de dados sobre ajuda internacional na Web, como o Banco Mundial, USAID, UNICEF e, é claro, a biblioteca de dados do Global Fund. Também vão cobrir ferramentas de pesquisa de dados de ajuda como o OECD e IATI, bem como plataformas de visualização de dados.

"Eu treinei jornalistas e bibliotecários de pesquisa para fazer investigações na Internet e acho que há uma enorme necessidade de construir capacidade de usar a Internet em geral", disse Bourgoing. "E por dados, eu quero dizer dados em sentido amplo -- não apenas números, mas também documentos de texto e o que é publicado na mídia social. Gostaríamos de dar exemplos muito concretos e práticos para esses."

Posts de blog

O AidInfoPlus também vai publicar postagens de blog para manter os usuários atualizados sobre as mais recentes ferramentas de busca de dados. Quando usado em conjunto com a hotline de dados e apresentações de vídeo do AidInfoPlus, esses posts de blog poderão proporcionar ferramentas valiosas e práticas para a apresentação de dados sobre ajuda internacional nas próprias histórias.

Ao fazê-lo, Bourgoing disse que o AidInfoPlus vai ajudar a melhorar mais vidas em todo o mundo, fazendo cada dólar gasto no desenvolvimento valer mais.

"Não há nada que nem isso agora", disse ele. "Estamos falando de dados, dados, dados, mas trata-se de como salvar e melhorar mais vidas com a mesma quantidade de dinheiro através da coordenação de esforços, certificando-se de que o dinheiro seja gasto no lugar certo para as pessoas certas e combatendo à corrupção."

Imagem principal sob licença no Flickr via NASA's Marshall Space Flight Center