Jornalista do mês da IJNet: Pradipta Mukherjee

por IJNet
Feb 7, 2013 em Jornalista do mês

A cada mês, a IJNet apresenta um jornalista internacional que exemplifica a profissão e usa o site para promover sua carreira. Se você gostaria de ser apresentado, envie um e-mail com uma curta biografia e um parágrafo sobre como usa os recursos da IJNet aqui.

A jornalista deste mês é Pradipta Mukherjee, baseada em Calcutá, na Índia. Ela escreve para a agência Bloomberg, cobrindo negócios, economia e indústria no estado de Bengala Ocidental. Ela já colaborou com os jornais Business Standard e The Telegraph.

IJNet: Como a IJNet lhe ajudou?

Graças à IJNet, me deparei com o programa Jefferson Fellowship [e me tornei] uma bolsista Jefferson na Índia durante a temporada de 2012, quando também ganhei o Prêmio Mary Morgan Hewett para mulheres no jornalismo. O programa, que foi realizada em junho, levou-me ao Havaí, Cingapura, China e Coreia do Sul, e contou com a oportunidade especial de participar na Terceira Conferência Internacional de Mídia do East-West Center. Eu também tive a maravilhosa oportunidade de ser oradora no primeiro programa de diálogo com jornalistas do sul da Ásia do East-West Center que aconteceu na Coréia do Sul.

Além disso, através da IJNet, fiquei sabendo de oportunidades de treinamento no Reynolds National Center for Business Journalism e ganhei um certificado da organização. Eu também ganhei um certificado do Google por um curso que completei em julho de 2012.

IJNet: Como você tem ideias de pauta?

Eu coleto e armazeno informações sobre todos os setores que cubro. O resultado é que é fácil para mim identificar tendências e desenvolvimentos nos setores ou em empresas que operam nesses setores.

IJNet: Qual foi seu melhor trabalho até agora?

Acho que todas as minhas matérias valeram a pena, caso contrário meus editores não as teriam publicado! No entanto, se eu tiver que escolher, acho que seria a cobertura de abril de 2011 sobre a desilusão generalizada com os 34 anos de governo do Partido Comunista na região da Bengala Ocidental. Eu fui a uma viagem de campo cobrindo 600 km por vários distritos para coletar informações. Todo mundo que eu conheci em vários locais disseram que queriam a mudança. Nas semanas seguintes, essa transição histórica aconteceu quando as eleições gerais foram realizadas. Isso acabou com os 34 anos do regime marxista eleito mais antigo do mundo.

IJNet: Que conselho você daria a quem aspira ser jornalista?

Mantenha-se tão bem informado quanto puder através de todos os tipos de meios de comunicação que cobrem os setores que você cobre. Se você está bem informado, as histórias e ideias de pauta vāo cair naturalmente na sua mão.

Foto cortesia de Pradipta Mukherjee


Leia mais artigos de