Content supported by

Jornal El Diario da Espanha faz sucesso com modelo de negócios

porJames Breiner
Apr 03 em Empreendedorismo de mídia

Em meio a todas as más notícias sobre modelos de negócio para o jornalismo de alta qualidade, o jornal eldiario.es na Espanha mostra que o bom jornalismo pode ser um bom negócio.

Seu fundador e CEO, Ignacio Escolar, anunciou que a publicação terminou 2015 com uma receita de US$ 2,6 milhões, um aumento de 33 por cento no ano, e um lucro de US$235.000, depois de impostos.

Embora a publicação digital seja gratuita, os seus 14.500 "parceiros" (sócios) pagam pelo menos US$66 por ano para ter acesso às notícias algumas horas à frente de todos os outros, bem como página sem anúncios, descontos e convites para eventos.

Esses parceiros trouxeram cerca de um terço das receitas dos eldiario.es. "E eles nos permitem continuarmos independente", disse Escolar em seu comunicado. Embora a publicidade traga mais receita, nenhum anunciante chega perto de trazer o que os parceiros trazem, então ninguém tem poder suficiente para influenciar decisões editoriais, disse ele.

Escolar, 40 anos, trabalhou em televisão e como editor fundador do jornal diário El Publico antes de lançar eldiario.es em 2012 com US$440.000 e um punhado de jornalistas de espírito independente.

A equipe cresceu para 54 funcionários e eles ganharam uma reputação de jornalismo investigativo que revela a corrupção entre as elites políticas e empresariais, que tradicionalmente têm sido protegidas por uma imprensa complacente.

Um dos principais furos do eldiario.es mostrou como dezenas de membros do conselho de uma empresa falida de poupança e empréstimos que recebeu uma ajuda do contribuinte de US$25 bilhões estava usando os cartões de crédito da empresa para bens de luxo, férias pessoais e outras despesas não-comerciais, ignorando o fato de cometerem transgressão de gestão.

Um furo recente de seguimento incluiu a publicação de mensagens de texto entre um executivo da S&L acusado de fraude no caso e membros da família real, o rei Felipe VI e a Rainha Letizia. Eles defendem o executivo contra a cobertura negativa da imprensa.

Escolar compartilha estes números do jornal El Diario:

  • No ano passado, os usuários únicos cresceram de 3.200.000 a 6.000.000 por mês

  • Jornalistas em tempo integral na equipe agora totalizam 54, um terço a mais que no ano passado

  • Os gastos com o jornalismo aumentaram em 40 por cento a cada ano, muito disso de aumentos salariais

  • Através de acordos de cooperação, a publicação tem cobertura regional em 13 províncias ou regiões autônomas

  • Tem acordos de compartilhamento de conteúdo com uma dúzia de publicações impressas e digitais, bem como dois programas de rádio na internet.

Esse tipo de transparência e nível de detalhe sobre os resultados financeiros e propriedade do eldiario.es é raro na Espanha. A transparência visa enfatizar a independência editorial, porque a publicação claramente tem uma agenda política progressiva, que favorece os direitos humanos, a igualdade de renda, justiça e equidade.

Em uma entrevista comigo há um ano, Escolar disse que a diferença entre a sua publicação e outras de esquerda é que a sua não apoia nem tem alguma ligação a um partido político.

Escolar combina idealismo com o pragmatismo. "O jornalismo é um serviço público, não um negócio", disse ele na época, "mas é um serviço público que tem que ser rentável". Então, ele concentra grande parte da sua atenção sobre tornar sua organização sustentável. O jornalismo de qualidade não pode ser produzido por voluntários; precisa de dinheiro por trás, disse ele.

Por coincidência, na mesma conferência no ano passado em Huesca, onde Escolar falou sobre eldiario.es, seu pai, Arsenio Escolar, editor da publicação 20minutos, "meteu o dedo no olho" do jornalismo espanhol, declarando os 10 mandamentos para seus colegas. Entre eles: "Precisamos de jornalismo que seja crítico, justo, transparente, distante do poder, ético e social", disse Escolar.

Pode-se dizer que Ignacio Escolar tem a quem puxar.

Este post apareceu originalmente no blog News Entrepreneurs de James Breiner e é publicado na IJNet com permissão.

Imagem principal sob licença CC no Flickr via TEDx UniversityofTulsa - imagem secundária cortesia de News Entrepreneurs