Dicas para promover seu podcast

porClothilde Goujard
Aug 14, 2018 em Jornalismo multimídia

A indústria de podcasts está crescendo, mas é difícil atrair ouvintes em meio a proliferação de programas. Na era da mídia social, os recursos visuais e os textos são frequentemente compartilhados de maneira mais fácil e ampla, aumentando os desafios dos produtores.

A IJNet conversou com Hebah Fisher, cofundadora da Kerning Cultures, um podcast que traz histórias em áudio do Oriente Médio e sua diáspora para a região e o mundo, e Maeve McClenaghan, fundadora do Tip Off, um podcast que conta histórias dos bastidores de investigações, para descobrir como seus podcasts cresceram e o que elas aprenderam no processo.

Ambos podcasts independentes começaram com um baixo número de ouvintes e ambos agora contam com milhares de espectadores.

O Kerning Cultures começou há três anos com 100 ouvintes. Fisher e a cofundadora, Razan Alzayani, não tinham uma estratégia de marketing específica no começo. Elas investiram suas economias na produção e não tinham recursos para promoção. No entanto, o podcast cresceu e agora cada episódio é baixado mais de 5.000 vezes, segundo Fisher. O Kerning Cultures recentemente contratou um novo membro que se concentrará em marketing, e a equipe desenvolveu uma estratégia para aumentar o público do podcast.

O Tip Off começou cerca de um ano atrás como um projeto de amor. "Na época, eu não sabia se alguém iria ouvi-lo", disse McClenaghan. "Eu pensava que se tivesse 100 ouvintes por episódio, seria maravilhoso."

Ela produz o podcast sozinha como um projeto paralelo e vem aprendendo a promovê-lo ao longo do caminho. Este ano, o Tip Off ganhou o prêmio de “Melhor Podcast do Ano” dos British Podcasting Awards e agora tem uma média de 18.000 ouvintes por episódio, de acordo com McClenaghan.

Veja o que as duas fundadoras aprenderam ao longo do caminho sobre a promoção de um podcast:

1. Trabalhe seu público-alvo nas redes sociais

Fisher descobriu que ser ativa nas redes sociais --através do Facebook, Instagram e Twitter-- ajuda muito. Sua equipe também está trabalhando para ser mais consistente em termos de linguagem e mensagens nas redes, a fim de estabelecer uma marca clara. Também estão adaptando sua estratégia para o público e criando trailers de vídeo para cada episódio.

“O podcast no Oriente Médio ainda é novo. O vídeo, no entanto, é bastante comum”, disse Fisher. "Começamos a criar algo como trailers de filmes para fazer chamadas para nossos episódios, e isso parece estar funcionando muito bem."

Para o Tip Off, McClenaghan focou no Twitter, onde está a maior parte de seu público, dado seu tempo limitado para se dedicar ao podcast. Ela compartilha imagens, texto e, ocasionalmente, clipes de áudio de episódios. Ele recomenda usar aplicativos gratuitos como Headliner, Wavve ou Audiogram para criar seus clipes de áudio.

McClenaghan propositadamente lançou episódios com jornalistas conhecidos que tiveram muitos seguidores no início. Através dos tuites de seus convidados, ela conseguiu ganhar mais exposição.

2. Busque exposição na mídia

McClenaghan enviou press releases para e-mails de críticos de podcasts e outros jornalistas da indústria de podcasting.

Várias publicações --especialmente nos Estados Unidos e no Reino Unido-- têm críticas de podcasts, incluindo o New Yorker, Guardian and Financial Times.. Há também várias publicações independentes ou boletins informativos como Bello Collective, Earbuds Collective e Sara Weber que recomendam podcasts. Entre os boletins da indústria mais especializados estão o Hot Pod e PodMail.

O Kerning Cultures começou em Dubai e, por ser uma nova empresa de podcast no Oriente Médio, muitas publicações escreveram sobre o trabalho da equipe.

"Tivemos não apenas ouvintes mas também alguns de nossos produtores nos encontrando por causa das notícias que leram", disse Fisher.

3. Conecte-se com seu público na vida real

A equipe por trás do Kerning Cultures organiza festas em locais como lanchonetes, galerias de arte e estúdios de ioga em todo o mundo. Inicialmente, os membros da equipe eram os responsáveis, mas os ouvintes começaram a organizar as festas de ouvintes também.

Nessas festas de ouvintes, a equipe de podcast oferece uma boa experiência de áudio em nome dos visitantes. Escolhem um episódio que apresentam para um grupo em um espaço aconchegante e depois organizam uma discussão sobre o tema.

"Um ouvinte em Dubai nos disse que é um tipo de experiência meditativa sentar em uma sala cheia de estranhos, onde ninguém está olhando para seus telefones e você escuta as histórias juntos", disse Fisher. “Esses eventos duram horas e as discussões são muito, muito ricas. É uma maneira muito visceral de conhecer o Kerning Cultures, que eu acho que tem uma impressão duradoura nas pessoas e elas contam aos seus amigos.”

McClenaghan espera realizar sua primeira sessão de gravação ao vivo em setembro. Atualmente, ela está trabalhando na organização e produção do evento.

Imagem principal sob licença CC noUnsplash via Matthieu A