Dicas para criar conteúdo engajante em vídeo

porSam Berkhead
Oct 30, 2015 em Jornalismo multimídia

Como jornalista de vídeo, seu objetivo deve ser se aproximar de pessoas que irão ajudá-lo a contar a história. A voz delas irá ajudá-lo a se conectar com o público e melhorar a qualidade do seu vídeo.

"É o tempo que passamos com nossos entrevistados que nos permite ter acesso a suas vidas", disse o premiado jornalista de vídeo e cineasta Pierre Kattar ao falar a um grupo de jornalistas visitantes do programa Digital Path to Entrepreneurship and Innovation for Latin America do Centro Internacional para Jornalistas (ICFJ). "Como jornalista de vídeo, eu sou apenas o meio. Eu não crio isso; apenas capturo."

"Um vídeo legal é qualquer um que mostre emoção, mudança ou coloca você em uma cena", disse Pierre.

Embora encontrar os entrevistados certos e entrar nos momentos certos sejam cruciais para contar a história, Pierre também incentiva os jornalistas de vídeo a considerar outros aspectos da produção:

Duração do vídeo

Ao editar e produzir um vídeo, muitos repórteres sofrem com a duração adequada de um vídeo.

"Com o limite de tempo, é só usar o bom senso", disse ele. "Não há nenhum número mágico. Se você pode contar uma história em um minuto, então faça isso - -mas não se sinta mal se precisar de cinco minutos."

Qualidade do som

Embora a duração exata de um vídeo pode ser mudada de acordo com o seu critério, há uma parte de seu vídeo que nunca deve ser comprometido: o áudio.

"O som é rei", disse ele. "Se o vídeo tem som ruim, as pessoas não vão vê-lo."

Para garantir que o áudio do seu vídeo não seja arruinado pelo vento ou outros barulhos de fundo, é crucial usar fones de ouvido durante a gravação no campo. Filme entrevistas com indivíduos em um local quieto bem iluminado, sempre que possível. Por último, sempre tente ficar o mais próximo possível do som.

Matéria interativas 

Uma das melhores maneiras de atrair o público para a sua matéria é a criação de um artigo de jornalismo de vídeo totalmente interativo, Pierre explicou. Ao contrário da natureza distante do jornalismo de televisão no qual os telespectadores assistem passivamente ao que é apresentado a eles, o jornalismo online permite que o espectador se envolva e interaja com uma história como nunca antes.

Pierre deu alguns exemplos de jornalismo interativo estelar, incluindo a matéria "Behind the Veil" do jornal Globe and Mail e "Uprooted" do San Jose Mercury News.

A chave para criar interativos envolventes é saber quando mostrar moderação, disse ele. Enquanto a mídia digital oferece possibilidades infinitas na elaboração de uma matéria de jornalismo, é importante usar apenas algumas das muitas ferramentas à sua disposição para evitar sobrecarregar o seu público.

"Sempre que você adicionar algo, tire algo", disse Pierre.

Imagem principal sob licença CC no Flickr via David Jones 大卫 琼斯