Dez dicas rápidas para reportagens de finanças pessoais

porInternational Center for Journalists
Jun 19, 2012 em Temas especializados

O jornalismo de finanças pessoais dá ao consumidor informação independente e imparcial para fazer escolhas financeiras inteligentes, seja na compra de um seguro de vida ou poupando para a aposentadoria.

Apesar de incluir uma série de números, esse tipo de jornalismo também deve ser entretenimento para o consumidor. Deve explicar a importância de suas decisões, quaisquer que sejam elas. Aqui estão algumas dicas básicas para o jornalista que quer melhorar suas matérias sobre esses temas.

Dez dicas rápidas sobre reportagens de finanças pessoais

  1. Leia as principais publicações de finanças pessoais ou assista a programas de finanças pessoais e pense em como as questões podem ser adaptadas a sua comunidade.

  2. Sempre tente começar sua matéria com um exemplo de uma pessoa afetada em sua audiência.

  3. Use números para dar suporte a sua reportagem. Fontes do governo, como o departamento de censo (EUA) e o departamento de estatísticas de trabalho (EUA) têm grande quantidade de dados que você pode usar gratuitamente.

  4. Escreva sua matéria de maneira equilibrada. Se você cita especialistas sobre um assunto, encontre aqueles com pontos de vista diferentes.

  5. Faça perguntas idiotas. Essas são aquelas que seus leitores ou espectadores vão querer saber.

  6. Certifique-se de que sua escrita seja técnica suficiente para explicar o tema, mas simples o suficiente para que qualquer um possa entender o que você escreveu.

  7. A menos que seja sua coluna assinada, não escreva sobre suas experiências pessoais. Deixe os especialistas darem a orientação.

  8. Dê ao leitor algo para tirar da matéria. Tabelas e gráficos podem ajudar.

  9. Não forneça a sua opinião. Se você fosse um especialista em finanças pessoais, não seria um jornalista. Não prometa resultados a partir de uma determinada estratégia. Isso é perigoso.

  10. Divirta-se. E certifique-se de mostrar isso na matéria. O jornalismo de finanças pessoais pode ser uma das matérias mais gratificantes de fazer.

Imagem: morguefile

Este artigo faz parte de um curso online do ICFJ Anywhere, que apóia os jornalistas em todo o mundo com treinamento gratuito em uma diversidade de tópicos. Os cursos são oferecidos em uma variedade de idiomas, incluindo inglês, árabe, persa, espanhol, português, turco e francês. Para as últimas novidades sobre os cursos do ICFJ Anywhere, clique aqui.