Cortes de orçamento silenciam serviços regionais da BBC

porDana Liebelson
Mar 29, 2011 em Jornalismo multimídia

Cortes no orçamento da BBC fizeram mais vítimas: os serviços caribenho, russo, vietnamita e mandarim-- todos tiveram suas transmissões finais.

Os cortes no orçamento da BBC começaram em janeiro de 2011, após o governo britânico diminuir em 16 por cento o fundo destinado à BBC.

Desde então, a BBC tem silenciado transmissões em albanês, macedônio, sérvio e português para a África. As transmissões de rádio em espanhol para a América Latina e da Rússia também foram cortadas e, recentemente, produzidas pela última vez. A BBC Hindi, também enfrentou recentemente uma redução grande.

Os últimos quatro canais que sofrerem cortes operaram em suas regiões por pelo menos seis décadas. O serviço do Caribe foi lançado em 1939 com um programa que apresentava as tropas ocidentais indianas em serviço ativo durante a Segunda Guerra lendo cartas para seus familiares. A BBC chinesa foi fundamental em levar notícias à China durante a Guerra do Vietnã e a Revolução Cultural de Mao Tsetung. O serviço russo seguiu em frente, apesar da pressão regular das autoridades soviéticas.

A BBC justificou sua decisão dizendo que deve concentrar seus esforços em "línguas onde há maior necessidade e maior impacto". Também há a preocupação de atender às exigências da era digital. Na China, por exemplo, mudar para a Web somente em mandarim poderia prestar um melhor serviço aos usuários chineses que estão cada vez mais usando telefones celulares para acessar sites da imprensa estrangeira.

Mas outros temem que o fim das emissões nestes idiomas afetarão milhões de ouvintes que ainda não têm acesso a notícias digitais.

"A mídia na Internet pode estar florescendo, mas e aqueles povos que vivem em casas de barro, favelas e países do terceiro mundo durante um golpe? Rádio é a sua única salvação", escreveu um comentarista no site da BBC.

Foto por Chiefmoamba, Creative Commons Attribution License