Concurso convida jornalistas a viralizarem checagem de fatos

porSam Berkhead
Apr 11, 2017 em Fact-checking e verificação

A sociedade está passando por uma verdadeira crise.

Agora vivemos em um mundo em que os cidadãos são mais propensos a confiar em um meme aleatório que aparece em uma busca online do que na própria mídia. Os leitores muitas vezes medem a confiabilidade de um artigo baseado não em quem escreveu, mas em quem compartilhou o artigo com eles.

TruthBuzz, um novo concurso do Centro Internacional para Jornalistas e da Fundação Craig Newmark, quer incentivar o oposto: a propagação viral de fatos verificados no ciberespaço. E você pode ganhar até US$10.000 por compartilhar suas ideias.

Ao invés de apresentar a verificação de fatos ao público através de extensas explicações e pontos, o TruthBuzz está procurando maneiras de apresentar fatos e refutar falsidades através de matérias envolventes, visuais e interativas que precisam ser compartilhadas. Se os fatos estão contidos em um gif, um vídeo, um gráfico interativo ou algum outro meio é com você.

Uma inscrição bem sucedida para o TruthBuzz deve:

  • Explicar como seu projeto corrige uma falsidade

  • Indicar as fontes utilizadas para determinar os fatos

  • Descrever como seu projeto usa técnicas inovadoras para disseminar verdades rapidamente

  • Incluir um exemplo de publicação de mídia social que usa sua invenção de verificação de fatos

Depois do prazo de inscrição, que vai até 30 de junho, um painel de juízes irá selecionar três vencedores com base na originalidade de suas propostas e potencial para ajudar o público a diferenciar fatos de ficção e espalhar a informação amplamente. Os três vencedores receberão prêmios em dinheiro de US$10.000, US$5.000 e US$2.500, respectivamente.

Para concorrer, clique aqui. Qualquer pessoa pode se candidatar, mas as inscrições só são aceitas em inglês. O prazo final é 30 de junho.

Imagem principal sob licença CC no Flickr via Doinja Groet