Como propor ideias de pautas: Dicas para jornalistas

porSherry Ricchiardi
Feb 11 em Freelance
Ideia de pauta

Em workshops de mídia ao redor do globo, os participantes muitas vezes se queixam: "Nós temos ótimas ideias de pauta, mas não conseguimos que os editores fiquem interessados. O que estamos fazendo errado?"

Durante as discussões, geralmente fica claro: Eles estão trabalhando sem a menor ideia de como organizar, focar e fornecer os tipos de matérias que interessam aos editores de notícias e os façam dizer, "Uau! Isto é ótimo. Em quanto tempo você pode entregar?"

Jack Watling, ex-editor de planejamento do NewsFixed, uma plataforma que conectava repórteres freelance com editores [adquirida pela Paydesk], ofereceu alguns conselhos práticos sobre conseguir uma pauta em um post recente no Rory Peck Trust.

No topo da lista de Watling para sugerir pautas: Crie um modelo.

"Escrever pautas não deve ser demorado. Faça um modelo com seções para cada informação-chave. Dessa forma, escrevê-las torna-se rápido e fácil, e você sabe quais informações precisa antes de sugerir. "Você pode ver o modelo fácil de usar que Watling criou aqui.

Em seu post, Watling também ofereceu as seguintes dicas:

Concentre-se na história.

"Se você tem uma matéria sobre famílias que se perderam e estão se reencontrando, foque em como o governo ajuda nisso e como você vai contar a história. Evite palavras como 'pode' e 'provável'. Os editores querem saber o que é conhecido definitivamente para que possam avaliar se é uma matéria."

Indique as principais fontes.

"Como freelancer, é improvável que o editor saiba quem você é... se você indica as pessoas que irão aparecer na matéria e as principais fontes que pretende usar, isso mostra que você sabe como vai fazer a reportagem e demonstra que pode fornecer [o que propôs]."

Forneça detalhes técnicos e logísticos.

"Diga quando acha que pode entregar a matéria e o formato em que pode entregá-la. Se vai oferecer fotos de acompanhamento, inclua essa informação."

Dê um prazo.

"Uma situação muito comum e chata para freelancers é saber quando fazer a proposta a um segundo editor se o primeiro não respondeu. O período de tempo fornecido deve depender da relevância do tempo para a pauta. "A frase precisa simplesmente dizer: 'se estiver interessado, por favor responda no prazo de quatro horas. Após este ponto, essa pauta vai ser oferecida em outros lugares'. Mesmo se o editor não comissionar [a pauta], essa frase muitas vezes faz com que respondam mesmo que seja para rejeitar a proposta."

Portfólio.

"Coloque um link final a algumas amostras anteriores do seu trabalho. Isto deve vir no final da proposta."

Dicas de freelancers bem sucedidos, recolhidas após anos ouvindo repórteres falarem sobre o que funciona e o que não funciona para eles.

  • Cada proposta de pauta deve ser cuidadosamente produzida com todas as garantias habituais: Verifique a ortografia, fatos, gramática e tom. A maioria dos editores não está interessada  em propostas engraçadinhas ou parágrafos prolixos. Melhor conselho: Peça que alguém leia a proposta antes de clicar no botão de enviar.
  • Inclua um possível título e um breve resumo ou parágrafo principal. Isso pode mudar quando você se aprofundar na história, mas fornece uma visão geral e plano rápido para a pauta.
  • Tão brevemente quanto possível, explique por que o público se interessaria pela matéria. Descreva as principais fontes e provas documentais. Use marcadores para agilizar as informações.
  • Forneça um esboço de fotos, gráficos ou outros recursos visuais que vão acompanhar a história. Se é um pacote multimídia, liste e descreva os principais componentes.
  • Simule um prazo razoável. Isto deve incluir quantos dias vai demorar para pesquisar e cobrir a história, editar fotos/vídeos e verificar as informações.
  • A palavra final: mantenha a proposta simples, focada e oportuna.

Quando se trata de propor uma pauta, o que tem funcionado para você? Conte para nós no FacebookTwitter ou no Fórum da IJNet em Português.


Imagem sob licença CC no Flickr via dotsandspaces