Cinco dicas para escrever melhor na mídia social

porMargaret Looney
Feb 1, 2012 em Jornalismo básico

Dar notícias em 140 caracteres no Twitter sem fazer erros de gramática pode ser difícil, mas não para Mignon Fogarty, a "Grammar Girl" (ou "Garota Gramática").

Fundadora do Quick and Dirty Tips e especialista em gramática inglesa, Fogarty, falou sobre como as mídias sociais estão mudando o uso da gramática para um webinário no Content Wrangler.

A IJNet participou da aula e reuniu estas dicas de como se expressar na mídia social sem cometer crimes hediondos contra o idioma.

  • Para começar, conheça seu público. Abreviaturas e siglas são mais apropriados para revistas de tecnologia do que para publicações sobre biologia ou negócios.

  • A "Grammar Girl" admite que passa por cima de um tuite se tem erro de digitação, só porque levaria um segundo extra para descobrir o sentido e não dá tempo para fazer uma pausa na mídia social.

  • Todo mundo está "lutando por atenção", por isso, tornar seu tuite fácil de ler é prioridade.

  • Evite o usar demais: siglas, números ou abreviaturas. Eles acrescentam uma dificuldade extra que pode perder os leitores rápidos.

  • Não economize nas maiúsculas. Fogarty disse que às vezes leva mais tempo ler algo com todas as letras minúsculas.

Se as dicas acima não funcionarem, ela sugeriu gastar mais tempo e reformular a frase, o que ela disse ser "um exercício valioso, como escrever um 'haiku' onde você tem limitações e obriga você a pensar de maneiras diferentes."

Imagem usada com licença do tipo CC no Flickr por GrammarGirl.