Cinco dicas de crowdsourcing com Facebook

porMaite Fernandez
Sep 8, 2011 em Jornalismo básico

Com mais de 750 milhões de usuários em todo o mundo, o Facebook é uma grande fonte de conhecimento coletivo.

Jornalistas usam cada vez mais essa ferramenta através da criação de páginas no Facebook para envolver o público e permitir que participem no ciclo de notícias.

E os usuários respondem. Segundo o Facebook, o usuário médio está conectado a 80 páginas de comunidades, grupos e eventos.

Vadim Lavrusik, gerente do programa de jornalista no Facebook, recentemente publicou um post no guia “Facebook + Journalists” descrevendo como as organizações de notícias estão usando esse meio social para fazer crowdsource para reportagens.

Aqui estão alguns dos exemplos do guia, juntamente com outros encontrados por IJNet.

  • Encontre histórias e testemunhos pessoais. Na ocasião do aniversário de 10 anos dos ataques do dia 11 de setembro, a Associated Press usou sua página no Facebook para pedir aos leitores por histórias pessoais. A agência de notícias também disse ao público que um repórter poderia contatar as pessoas para fins de verificação.

O jornal Joplin Globe também pediu aos seus leitores para compartilhar como suas vidas mudaram 100 dias após o tornado devastador que assolou a cidade de Joplin, Mississippi.

Já o New York Times pediu aos leitores para compartilhar suas melhoras receitas para um feriado nacional.

  • Envie fotos e vídeos. Organizações de notícias estão se voltando cada vez mais a sua audiência para pedir fotos e vídeo de acontecimentos.

O Washington Post recentemente pediu aos leitores na sua página do Facebook page para enviar fotos que mostram como foram afetados pelos ataques de 11 de setembro.

Um outro exemplo é o canal KMOV-TV8, que pediu a sua audiência para enviar fotos e vídeos dos danos causados pelo tornado através da sua página do Facebook.

Há também um aplicativo que torna fácil publicar galerias de fotos enviadas pelo público. Você pode ver como o New York Daily News usa o aplicativo criado pelo Olapic aqui.

  • Encontre fontes individuais: Está com dificuldade em encontrar fontes para a sua matéria mais recente? Você pode encontrá-los através do Facebook.

A agência Reuters usou a sua página no Facebook para encontrar um investidor que fez um investimento péssimo para uma matéria.

O Star Tribune de Minneapolis, Minn., através do seu Facebook encontrou gente que sofre de alergias de verão para um artigo sobre o tema.

  • Faça perguntas. Você pode perguntar ao seu público quais perguntas querem que faça para um fonte a ser entrevistada. Isso é o que o Daily News de Greenville, Michigan, fez. Um de seus repórteres pediu ao leitores para enviar perguntas para a polícia local sobre como se proteger em meio a uma onda de furtos.

  • Verifique informação. Se você não sabe alguma coisa, pergunte em volta. Há chances de que alguns de seus leitores podem saber a resposta.

Isso é o que o canal KSAX fez. A pequena estação de TV em Minnesota postou uma foto de um animal não identificado que tinha sido atingido por um veículo na sua página no Facebook. O público ajudou a identificar o animal morto: um texugo.