Content supported by

Centro de mentoria da IJNet em Árabe oferece treinamento para empreendedores

porIJNet
Oct 7, 2019 em Empreendedorismo de mídia
Centro de Mentoria da IJNet

Uma revista científica online com sede no Catar. Um site que cobre cultura e artes em Gaza. Uma plataforma para mulheres da Arábia Saudita compartilharem suas histórias, destacarem sua diversidade e expressarem suas opiniões.

Estas são apenas três das oito startups de mídia deste ano que o Centro Internacional para Jornalistas (ICFJ, em inglês) selecionou para seu sexto Centro de Mentoria para Startups de Mídia da IJNet em Árabe no Oriente Médio e Norte da África (MENA, em inglês). O programa de 10 meses reúne empreendedores de mídia iniciantes na região com mentores especializados, que os treinam nas melhores práticas e ferramentas para desenvolver seus jovens veículos de comunicação.

"A forma como o programa é estruturado leva os participantes a uma jornada de aprendizado e compartilhamento de experiências", disse Ali Ghamloush, um dos dois mentores do programa.

Os mentores começam sua participação no programa identificando metas para seus respectivos veículos. A partir daí, os mentores os treinam sobre como incorporar as melhores práticas de negócios para promover suas iniciativas. O treinamento inclui consultas virtuais individuais e uma sessão de orientação pessoal para cada participante. Durante essas sessões, os aprendizes aprendem como gerenciar e monetizar seus projetos, desenvolver estrategicamente seu conteúdo e reforçar seus esforços de comunicação e marketing.

"Como o período de treinamento dura 10 meses, é uma oportunidade não apenas para projetar soluções e treinamento, mas para obter resultados no final do período de treinamento", disse o segundo mentor do programa, Mohammad Fadhel Alobaidly.

Em novembro, os participantes e mentores viajarão para Amã, na Jordânia, para um workshop de dois dias e para participar da 12ª Conferência Anual de Repórteres Árabes para Jornalismo Investigativo.

A seguir, estão os oito participantes deste ano e suas respectivas iniciativas de mídia:

Sheikha Aldosary

Com base na Arábia Saudita, Sheikha Aldosary lançou a Saudi Women’s Stories no início de 2019. O site de Aldosary é uma plataforma educacional de histórias para mulheres em seu país, e tem como objetivo mostrar sua diversidade, incentivando-as a expressar suas opiniões e documentar os caminhos que seguiram em suas vidas. Ela espera que sua plataforma  capacite as mulheres e abra um diálogo sobre o papel das mulheres na sociedade saudita.

Mohamed Mekawi

Mohamed Mekawi é um jornalista libanês e profissional de mídia que vai trabalhar para ampliar seu site de notícias, Entrepreunews.com, que cobre startups e notícias e atividades empresariais. Por meio do programa de mentoria, Mekawi espera aumentar os seguidores de seu site, inclusive nas redes sociais, e desenvolver uma base sustentável de receita.

Naaman Omar

O fotojornalista palestino Naaman Omar desenvolverá seu site independente de fotojornalismo, a APA Images, no centro de mentoria deste ano. Omar fundou seu site, que cobre notícias e eventos através de fotos, há quase uma década. No futuro, ele espera desenvolver maneiras de financiar melhor o site, além de garantir a segurança de sua equipe quando cobrirem questões mais sensíveis em áreas menos seguras.

Abdul Kareem Aouir

Abdul Kareem Aouir, do Catar, produtor da Al Jazeera, lançou sua própria revista científica online, a Nok6a.net. Aouir aposta no conteúdo original e traduzido do site, e espera que sua participação no centro de mentoria lhe forneça as habilidades e os conhecimentos necessários para diminuir sua dependência de traduções e começar a produzir pelo menos 70% do conteúdo original. Ele também espera fazer crescer sua já significativa mídia social no Twitter e Instagram

2018 Mentoring Center
O mentor Ali Ghamloush treina participantes do Centro de Mentoria da IJNet em Árabe em 2018.

 

Farida Hamdi

A jornalista argelina Farida Hamdi enfrenta desafios semelhantes a outros empreendedores participantes do centro de mentoria deste ano: como financiar de forma sustentável sua iniciativa de notícias, Lakhbarat, que abrange notícias nacionais e internacionais. Hamdi também se preocupa com a ausência da lei de mídia eletrônica na Argélia. Isso contribui para o futuro incerto de muitas agências de notícias no país, disse ela.

Eslam Abuelgasim Hamidan Ali

Eslam Abuelgasim Hamidan Ali é atualmente uma blogueira no Sudão, operando um site chamado Sudanese Mollified. Ela planeja aproveitar a presença online que já tem para desenvolver uma plataforma dedicada à cobertura dos direitos humanos, direitos das mulheres e liberdade de expressão no Sudão, enquanto combate a desinformação. Para fazer isso, Hamidan Ali precisará formar uma equipe, disse ela, enquanto também lida com as restrições de financiamento.

Nima Abuamra

A Madameen Media de Nima Abuamra se concentra em cobrir cultura e artes na Palestina, destacando a música palestina e árabe em particular. Operando como uma página no Facebook hoje, Abuamra planeja expandir sua plataforma para o YouTube e Instagram também. Ela também espera começar a destacar questões sociais por meio de seu conteúdo, além de ajudar a promover uma rede de artistas e conexões com seus públicos-alvo.

Muhib Faroq Alwan

Muhib Faroq Alwan opera um site independente de notícias humanitárias, Ansom, que se dedica à cobertura de gênero em seu país natal, o Iêmen. Jornalista de longa data, Alwan planeja maior apoio à inclusão de mulheres nas reportagens do site, garantindo um equilíbrio de gênero na cobertura.


Imagem principal do mentor Mohammad Fadhel Alobaidly do programa do Centro de Mentoria 2018 da IJNet.