Autopublicação fica fácil com Kindle Single

por Nicole Martinelli
May 29, 2012 em Diversos

Ter artigos publicados é um rito de passagem para qualquer aspirante a jornalista. Mas agora você mesmo pode publicar suas matérias com o Kindle Single.

Victoria Turk, que acabou de se formar em jornalismo pela Universidade de Columbia, publicou um artigo longo, em formato de livro que pode ser comprado por US$0,99 na Amazon.

Intitulado "The Damage Done" (em tradução livre, "Danos Causados"), o livro de 29 páginas conta a história de uma mulher que sofre de uma doença mental e abuso de drogas.

O formato Single foi manchete no mundo do jornalismo em abril de 2011, com um best-seller de Jon Krakauer sobre o trabalho do humanitário Greg Mortenson no Afeganistão e Paquistão. O Kindle Direct Publishing trabalha com textos que vão de 10.000 a 30.000 palavras para iPad, iPhone, iPod touch, PC, Mac, BlackBerry e Android. Os idiomas atualmente disponíveis são inglês, alemão, francês, espanhol, português e italiano.

No competitivo mercado de trabalho de jornalismo, mostrar um espírito empreendedor só pode ser uma coisa boa. Leia aqui o que Turk disse à IJNet sobre o projeto.

IJNet: Será que você considerou oferecer essa história como trabalho freelance?

Victoria Turk: Quando comecei a cobrir a história, eu realmente não sabia onde se encaixaria melhor. Mas como continuei a trabalhar nela, a história rapidamente evoluiu e cresceu em tamanho. Logo ficou claro que o Kindle Singles seria o lugar perfeito para publicá-la na sua totalidade e no tamanho devido. Se eu tivesse oferecido a matéria para uma revista, por exemplo, provavelmente teriam que cortar um monte de palavras (a história tem cerca de 12.000).

IJNet: Quanto tempo demorou para fazer tudo?

VT: Comecei a pesquisar a história por volta de outubro do ano passado e foi publicada no final de março. Eu estava trabalhando em outras coisas ao longo desse período também, mas este foi o meu maior projeto. Trabalhei regularmente e o artigo passou por vários rascunhos. A formatação ficou por conta do Kindle Single -- eles fazem todo o trabalho técnico para que as histórias se encaixem no formato.

IJNet: Você trabalharia com o Single de novo? O que faria diferente na próxima vez?

VT: Com certeza, trabalharia de novo com o Single se encontrar a história certa. Foi uma grande experiência; meu editor foi fantástico e eu gostei de ter um controle grande sobre o produto acabado. Eu não faria grandes mudanças, só que na próxima vez eu provavelmente partiria já com a ideia de escrever um Single e assim teria um conceito mais claro da versão final quando começasse a cobrir [o tema]. Eu não acho que toda história funciona como um Single, mas muitas se beneficiariam muito com a liberdade que este meio oferece...

Se você está curioso sobre o processo de fazer um Kindle Single, aprenda com este artigo (em inglês) do jornalista Larry Dignan.

Imagem: Capa do livro de Turk