Atlas do Quartz vira plataforma aberta para construção de gráficos e visualizações de dados

porSam Berkhead
May 12, 2016 em Jornalismo de dados

O site Quartz anunciou que vai fazer disponível a ferramenta Atlas para a construção de tabelas e gráficos para uso gratuito.

Lançada em 2015, Atlas servia originalmente como um centro para todas as tabelas e gráficos do Quartz desde a sua criação. Desde então, os jornalistas do Quartz usaram a plataforma para levar 80 milhões de gráficos para 25 milhões de pessoas.

Agora, qualquer pessoa será capaz de usar a plataforma para criar, compartilhar e incorporar suas visualizações de dados. Alimentado por Chartbuilder, uma ferramenta de fonte aberta do Quartz, Atlas oferece uma maneira consistente, simples e compatível com dispositivos móveis --sem contar transparente-- para transmitir dados para os leitores.

“Atlas está se tornando uma plataforma aberta, porque acreditamos que tem potencial para ser o maior repositório mundial de gráficos e dados gerados por usuários", escreveu Zach Seward, vice-presidente de produtos e diretor-executivo do Quartz. "Imagine uma rede de pessoas que trabalham com dados todos os dias, compartilhando tudo isso com outros e o resto do mundo. Essa é a visão que estamos desenvolvendo e espero que você se junte a nós para chegarmos lá."

No momento, o pleno acesso ao Atlas é somente para convidados [você pode pedir um convite aqui], mas vai ser expandido a todos com o crescimento da capacidade da plataforma. Qualquer pessoa pode ver, incorporar ou fazer o download dos mapas e gráficos já no Atlas. Para começar a fazer gráficos, simplesmente crie uma conta no Atlas; a partir daí, os usuários receberão um e-mail indicando que podem começar. No futuro, Quartz tem a intenção de fornecer suporte para organizações que esperam incorporar a plataforma em seus kits de ferramentas de visualização de dados também.

Uma vez que isso acontece, é bastante simples para as pessoas começarem a fazer gráficos de dados e gráficos. Tutoriais para criar e editar esses recursos visuais podem ser encontrados aqui. Para saber como organizar seus dados antes de construir um gráfico, veja o tutorial do Storybench aqui.

Imagem principal sob licença CC no Flickr via Joe Lodge