IJNet ao Vivo com Seth Kugel: Como fazer do YouTube uma plataforma viável para jornalistas?

Автор IJNet
Apr 23, 2018 в Diversos

O pior da crise econômica no Brasil pode já ter passado, mas isso não quer dizer que está ficando mais fácil viver de jornalismo. Na era da disrupção digital, as redações são mais enxutas e um emprego na área é um sonho distante para muitos recém-formados.

Uma saída é ser empreendedor e fazer seu próprio caminho. E para muitos, isso envolve criar um canal no YouTube.

Afinal, o jornalista tem que ir aonde a audiência está, e a nova geração de brasileiros passa cada vez mais horas assistindo a vídeos online.

Mas como criar uma marca própria e se destacar? É possível garantir a sustentabilidade do seu canal? Como é migrar do jornalismo para o YouTube? Dá para viver de YouTube?

Para responder essas e outras perguntas, conversaremos com o jornalista Seth Kugel do canal “Amigo Gringo”, que também faz freelance e colabora com The New York Times.

Junte-se à IJNet para o nosso bate-papo ao vivo em português no dia 24 de abril, terça-feira, às 13 horas (horário de Brasília) e descubra um pouco dos bastidores de um canal de sucesso no YouTube.

Os participantes poderão fazer perguntas e obter conselhos de Seth. Para participar, entre no chat aqui no dia do evento ou faça perguntas no Twitter usando a hashtag #IJNetAoVivo.

Sobre o convidado do nosso bate-papo:

Seth Kugel é jornalista freelancer, escritor e colaborador há 20 anos do The New York Times. É mais conhecido nos Estados Unidos pela coluna "Frugal Traveler", que escreveu no Times entre 2010 e 2016, e pela coluna "Weekend in New York", (2006-2008). No total, publicou mais de 1.000 artigos no Times sobre os mais diversos assuntos, desde o sistema de saúde pública no Brasil até freiras obcecadas pela gramática no Bronx. É coautor de "Nueva York: The Complete Guide to Latino Life in the Five Boroughs" (St. Martin's Press, 2006) e autor de "Rediscovering Travel: A Guide for the Globally Curious", com previsão de publicação em outubro de 2018 pela editora W.W. Norton & Co. No Brasil, é conhecido pela coluna "Viagens" (IG.com, 2011-2013) e pelo canal do YouTube "Amigo Gringo" (no ar desde 2014). Foi correspondente do GlobalPost no Brasil entre 2008 e 2010, período em que também colaborou com o Times. Formou-se em ciências políticas pela Universidade Yale e possui mestrado em políticas públicas pela Harvard Kennedy School. Fala português e espanhol fluentemente.