TESTE: Você é um jornalista-empreendedor?

porAmy Webb
May 8, 2010 em Jornalismo digital

Parece que todo mundo está começando seu próprio negocio, enquanto universidades em todos os lugares estão oferecendo capacitações sobre iniciativas empreendedoras. Claro que você tem uma boa ideia, mas você tem o temperamento certo, atitude e habilidades sociais para se dar bem?

Se você está pensando em iniciar seu próprio serviço freelance, lançar um aplicativo móvel ou criar uma ferramenta digital para ajudar jornalistas, deve tirar uns momentos para pensar sobre como deve atuar enquanto jornalista-empreendedor.

Veja abaixo um teste curto para ajudar a determinar se você está pronto para iniciar seu próprio empreendimento jornalístico… ou se seria melhor que levasse a sua grande ideia a uma redação que possa servir como incubadora no começo. Responda cada pergunta honestamente e inteiramente. Em seguida, avalie suas respostas.

Teste: Responda sim ou não para cada pergunta. Anote suas respostas.

1. Gosto de um desafio, mesmo que talvez não vença.

2. As pessoas me dizem que seria melhor se eu fosse o meu próprio chefe.

3. Sou um comerciante natural – posso convencer qualquer um que minhas ideias valem ouro.

4. Tenho dificuldade em aceitar ordens de pessoas com menos conhecimento ou capacidade que eu.

5. Eu me saio melhor quando não sou supervisionado diretamente ou minuciosamente.

6. As pessoas dizem que eu tenho uma iniciativa incrível.

7. Posso não ser a pessoa mais talentosa do lugar, mas garanto que trabalharei por mais horas e mais duro que qualquer um para fazer bem feito o trabalho.

8. Se tiver que escolher entre terminar um projeto importante e relaxar na praia, eu prefiro o trabalho.

9. Raramente estou satisfeito.

10. Sou um evangelista natural – as pessoas ficam animadas com as minhas ideias e querem se unir em volta delas.

11. Tenho jeito para descobrir maneiras melhores de fazer coisas, mesmo que sejam fora da minha competência básica.

12. Sou motivado 100% pelos resultados.

13. Tenho uma lista de objetivos pessoais e profissionais, tentando alcançá-los todos os dias.

14. Meu lema é "falhar rapidamente." Se a minha primeira ideia não funciona, reconheço e me adapto rapidamente. Sempre tenho outras ideias novas na cabeça.

15. Vivo para trabalhar em vez de trabalhar para viver.

16. Eu me sinto bem em não contar com salário mensal.

17. Posso organizar minhas finanças para ter múltiplas fontes de renda e não depender somente de uma só fonte.

18. Sou um ótimo administrador: Gosto de completar tarefas no tempo certo, dar seguimento e acompanhar até o final.

19. Não me incomodo de manter os registros detalhados das minhas despesas.

20. Sou disposto e capaz de conferir os gastos do cartão de crédito e saldos do banco diariamente e semanalmente.

21. Tenho amigos que possuem seus próprios negócios.

22. Alguns dos meus familiares possuem seus próprios negócios.

23. Meu/minha esposo/a me daria espaço e tempo para trabalhar, seja em casa ou no escritório, 24 horas por dia.

24. Para aqueles com crianças: Tenho um plano que permite trabalhar e cuidar dos filhos ao mesmo tempo.

25. Aceito criticas bem e não me deixo abater facilmente.

Pontuação: Se você respondeu "sim" a pelo menos 21 perguntas, provavelmente tem a personalidade, habilidade e circunstâncias certas para começar seu próprio empreendimento. Se você respondeu "sim" a menos de 21 perguntas, isto não é necessariamente uma indicação que falharia ao abrir um negócio. O que estou pedindo é que você avalie honestamente a si próprio e sua situação antes de dar o próximo passo.

Para ser um empreendedor bem-sucedido, você precisa ser um bom administrador, isto e ser seu próprio supervisor. No começo, deve correr atrás  dos clientes para que suas contas sejam – o que também significa que você precisará montar um sistema para documentar seu movimento de caixa. Você tem que ser um ótimo vendedor, negociar preços e acordos tão bem quanto convence outros que devem trabalhar para você. Seu primeiro projeto pode não funcionar. Se você é uma pessoa que fica ligada emocionalmente a um projeto do coração e não o deixaria de lado facilmente, você pode acabar por perder a roupa do corpo (e tudo mais que investiu no projeto), porque não consegue parar na hora certa.

Pense sobre o que significaria abrir mão de um salário regular (ou um futuro salário regular) antes de abrir um negócio. Também recomendo conversar sobre sua ideia com amigos de confiança e familiares que possam lhe dar uma opinião objetiva e franca.

Amy Webb é consultora de mídia digital e presidente da Webbmedia Group, LLC. Webb também lançou um novo site de treinamento multimídia, o Knowledgeweb.Em sua coluna semanal Webb na Web, Amy informa sobre multimídia e dá dicas sobre reportagem e estratégias para incorporar tecnologia na sala de redação. Acompanhe a Amy pelo Twitter e delicious.