Startups de mídia vão construir novas ferramentas com apoio da Fundação Knight

por Desiree Everts
Jul 22, 2014 em Diversos

Dezesseis vencedores do Fundo Protótipo Knight vão receber US$35.000 para ajudar a fazer que suas ideias estejam ainda mais perto de serem concretizadas. A Fundação Knight anunciou os mais recentes vencedores do seu concurso de fundos, que visa apoiar ideias de mídia em estágio inicial em um esforço para impulsioná-las a um lançamento formal.

Vários dos projetos desta rodada incluem ferramentas para jornalistas e editores incentivarem o desenvolvimento da notícia, contação de histórias (storytelling) e engajamento da comunidade. DIY StoryCorps, por exemplo, é um aplicativo móvel que permite a qualquer pessoa criar entrevistas para gravar histórias pessoais. Global I-Hub ICIJ é uma plataforma segura para facilitar a colaboração transfronteiriça em reportagens. E OpenStreetMap planeja criar um Plugin for Open Data Kit do OpenStreetMap, que irá permitir uma fácil coleta de dados geográficos abertos, mesmo em locais com problemas de conectividade. Outros projetos focam em ação cívica, como uma ferramenta que conecta as pessoas a instituições de caridade através de notícias e uma plataforma que permite que pessoas com doenças crônicas interajam com formuladores de políticas.

"O Fundo Protótipo incentiva as pessoas a testarem e melhorarem ideias que ultrapassam os limites da inovação na mídia", Chris Barr, que dirige o Fundo Protótipo Knight, disse em um comunicado. "Embora se concentrem em diversas áreas, cada um desses novos projetos tem como objetivo incentivar as pessoas a contribuírem e construírem comunidades mais informadas."

Aqui está o que sabemos sobre os vencedores desta rodada. Você poderá ler mais sobre alguns deles no Idea Lab.

Conheça os vencedores

DIY StoryCorps por StoryCorps (líder do projeto: Dean Haddock): Avançando a missão do StoryCorps, um programa nacional que registra, preserva e compartilha histórias pessoais, através do desenvolvimento de um aplicativo de celular que permite a qualquer pessoa criar entrevistas.

Do Public Good Button por Public Good Software (líder do projeto: Dan Ratner): O desenvolvimento de uma ferramenta que permite que as pessoas ajam em questões importantes através de artigos de notícias; por exemplo, alguém lendo um artigo sobre dirigir embriagado poderia clicar num botão e se conectar com instituições de caridade e grupos de defesa relacionados.

Ferramentas de engajamento por Grist (líder do projeto: Chip Giller): Possibilitando a redações medir melhor o engajamento público, além de cliques e visualizações de páginas, através da criação de um open-source do WordPress Plugin que medirá "minutos de atenção" para determinar como os usuários estão interagindo com conteúdo longos.

Facto Bot (líder do projeto: Will Knight): Ajudando a evitar desinformação no Twitter através do desenvolvimento de um software que identifica as notícias que foram modificadas e alerta as pessoas que tuitaram ou retuitaram links para essas notícias cujo o conteúdo foi mudado.

FilmSync App pela Universidade da Carolina do Norte (líder do projeto: Steven King): Criando um aplicativo que irá conectar as pessoas que estão assistindo uma reportagem ou documentário na televisão com conteúdo relacionado por meio de um aplicativo de segunda tela em seus smartphones.

Global I-Hub por ICIJ (líder do projeto: Mar Cabra): Tornando a colaboração em reportagens investigativas transfronteiriça mais fácil, fornecendo uma plataforma segura e fácil de usar para jornalistas se comunicarem por meio de atualizações de status semelhantes ao Facebook, comunicações em linhas conectadas sobre temas específicos, mensagens individuais e compartilhamento de arquivos.

Market Atlas (líder do projeto: Jon Gosier): Dimensionamento de uma rede de provedor de dados que permite aos cidadãos coletarem e compartilharem dados microeconômicos de países na África que não possuem infraestrutura financeira; fornecer dados financeiros confiáveis ​​e consistentes devem incentivar um maior investimento na área.

OpenStreetMap Plugin para Open Data Kit por Humanitarian OpenStreetMap Team (líder do projeto: Kate Chapman): Permitindo coleta fácil de dados geográficos abertos, mesmo em locais com problemas de conectividade, através da combinação de coleta de dados do Open Data Kit com a comunidade de dados do OpenStreetMap.

PatientsAssemble por PatientsLikeMe (líder do projeto: Chris Fidyk): Ajudar as pessoas com doenças crônicas interagirem com os formuladores de políticas, através de ferramentas de código aberto de colaboração que permitirão que os usuários forneçam feedback e moldem as questões que são importantes para eles.

Pilot for School por The Virginian-Pilot (líder do projeto: Dia Shawn): Construindo um sistema digital direcionado que vai permitir que professores da Virgínia pesquisem o conteúdo do jornal e usem para complementar currículos escolares; o conteúdo vai alinhar com as Normas de Ensino da Virgínia e ajudar os alunos a aplicar conceitos acadêmicos sobre o que está acontecendo em suas comunidades.

Banco de dados público do Tribunal de Registros de Massachusetts por MassINC (líder do projeto: Steve Koczela): Permitindo que os jornalistas e o público monitorem melhor casos judiciais por meio de um arquivo e um sistema de banco de dados online para o tribunal de registros de Massachusetts.

Registro público (scanner avançado de rádio e repositório de emergência) (líder do projeto: Tal Achituv): Criando uma ferramenta que vai permitir que os jornalistas acompanhem melhor os eventos atuais e investiguem eventos passados; com a ferramenta, as redações podem gravar interações em rádios da polícia/emergência, criar alertas e ouvir o conteúdo arquivado.

QC Tools por Bay Area Vídeo Coalition (líder do Projeto: Carol Varney): permitindo que as organizações de mídia, jornalistas e outros preservem facilmente o vídeo analógico através de um aplicativo de digitalização de vídeo de código aberto, barato e fácil de usar.

Talkbox por Rádio Pública de Nova York (líder do projeto: Caitlan Thompson): Engajando a comunidade em reportagens, reformulando cabines telefônicas em bairros específicos que irão fornecer uma linha direta de duas vias entre moradores e a redação da Rádio Pública de New York; um "Talkbox" pode ajudar no envolvimento de novos públicos ou a obter informações em um bairro onde um projeto de reportagem está ocorrendo.

The Last Graph (líder de projeto: Ben Conners): Ajudando jornalistas a se envolverem com o público, permitindo que os leitores interajam com o último parágrafo de uma matéria através de um banco de dados de "ações" que levam ao engajamento do leitor sobre um assunto; por exemplo, o último gráfico de um artigo sobre a poluição do ar pode incluir uma ação que incentiva os leitores a assinarem um compromisso de usar mais transporte público.

Veritza (líder de projeto: Djordje Padejski): Ajudando repórteres a encontrar mais facilmente lides de reportagens a partir de registros públicos através de uma plataforma online que permite aos usuários criarem alertas em informações contidas nestes registros; a plataforma vai fazer isso através de raspagem e agregação de dados e análise de padrões e anomalias.

Desiree Everts é editora associada do Idea Lab e PBS MediaShift. Ela se envolveu com a mídia digital há uma década, incluindo passagens pelo CNET News e revista Wired.

Este artigo apareceu primeiro no PBS Idea Lab, parceiro da IJNet, e é publicado e traduzido aqui com permissão.

O IdeaLab da PBS MediaShift é um blog em grupo feito por inovadores que estão reinventando as notícias comunitárias para a era digital. Inicialmente, o blog era feito por autores que recebiam um fundo do Desafio Jornalístico Knight, mas agora inclui outros bolsistas Knight, bem como empreendedores, líderes de projetos e pensadores do Northwestern University Knight Lab, Reese News Lab, John S. Knight Journalism Fellowships em Stanford e MIT Center for Civic Media. Saiba mais sobre o Idea Lab na Web, siga o Idea Lab no on Twitter ou Facebook.

Imagem sob licença CC no Flickr via Philippe Lewicki