Sites de notícias investigativas unem forças na América Latina

por Margaret Looney
Jun 24, 2013 em Jornalismo investigativo

Dez sites de notícias independentes se uniram para formar a ALiados, uma rede de plataformas de mídia de investigação por toda a América Latina.

Redações da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, El Salvador, Guatemala, México, Nicarágua e Peru vão trabalhar juntas para encontrar respostas para questões de financiamento e sustentabilidade no jornalismo investigativo digital.

Membros da ALiados incluem sites de notícias, revistas digitais de sátira política e comentários, grupos de defesa sem fins lucrativos e outros de "qualidade profissional, transparência de procedimentos, independência de poderes políticos e econômicos e a precisão factual com que informam sobre realidades da América Latina e do mundo de uma forma que não fazem os veículos tradicionais da região", de acordo com a missão da organização (em espanhol).

"Os sites são bem diferentes uns dos outros, mas estão unidos em torno desse objetivo comum: produzir jornalismo de qualidade e contribuir para a democracia e transparência em seus países", escreveu Rosental Alves, diretor e fundador do Centro Knight para o Jornalismo nas Américas neste post.

Desde seus lançamentos, muitas das startups trabalham contra corrupção e defendem a transparência em meio a revolução política. A revista de sátira política e humor chilena The Clinic começou como um panfleto impresso satirizando o ex-ditador Augusto Pinochet. O site El Faro de jornalismo político em El Salvador surgiu quando o país terminou a guerra civil. A Agência Pública no Brasil expõe as violações dos direitos humanos cometidas durante a ditadura militar do país.

Você pode ler mais sobre os outros membros da ALiados aqui.

Via Centro Knight para o Jornalismo da Universidade do Texas em Austin.

Imagem sob licença CC no Flickr via Chris Blakeley