Serviço patrocinado pela ONU conecta jornalistas com especialistas

porبسام سبتي
Jul 7, 2009 em Jornalismo básico

Jornalistas em busca de especialistas confiáveis para responder a perguntas, dar entrevistas e apresentar fatos ou citações podem se interessar por um serviço online gratuito da Alliance of Civilizations das Nações Unidas. Criado em janeiro de 2008 e recentemente renovado e relançado, o Global Expert Finder (GEF) oferece a jornalistas e profissionais dos meios de comunicação um banco de dados com comentadores, analistas e acadêmicos especializados em vários tópicos, incluindo política, direito, educação, direito da mulher, direitos humanos, terrorismo, globalização, religião e arte. A lista de especialistas inclui falantes de vários idiomas.

A IJNet conversou com Daanish Masood da Alliance of Civilizations sobre o GEF e seus benefícios para jornalistas. Segue abaixo trechos de destaque da entrevista.

IJNet: O que é o Global Expert finder?
DM: O Global Expert Finder é um recurso online de especialistas e analistas que podem oferecer uma análise única sobre os assuntos atuais, especialmente sobre temas interculturais. O recurso dá a jornalistas acesso rápido, gratuito e direto a estes especialistas.

A função principal do Global Expert Finder é ser um banco de dados com perfis, biografias detalhadas e detalhes de contato de mais 100 comentaristas, analistas e acadêmicos mundiais. Também está disponível áudios de entrevistas sobre temas relevantes, juntamente com um diretório constantemente atualizado com recentes apresentações na mídia e textos de expecialistas.

Contudo, o Global Expert Finder não é somente um site. Em resposta a grandes eventos de notícia ou crises, enviamos alertas de mídia diretamente a uma lista de assinantes jornalistas, contendo pequena biografias e informação de contato de especialistas que podem comentar sobre o tópico.

Qual é o objetivo do GEF?
Antes de tudo, nosso objetivo é apoiar jornalistas em seu trabalho. Os jornalistas querem produzir matérias que lidam com questões políticas, culturais e religiosas complexas, e o  Global Expert Finder foi desenvolvido como uma ferramenta para serví-los nesta tarefa. Nosso objetivo final é ajudar a melhorar o entendimento intercultural, mas isto é abordado inteiramente dentro do contexto de servir a comunidade midiática.

Na era de 24 horas de notícias diárias e orçamentos em declínio para escritórios no exterior, os jornalistas estão enfrentando desafios crescentes para prover uma cobertura global abrangente. Ao oferecer acesso fácil aos nossos especialistas, muitos deles trabalhando em diferentes partes do mundo, nós podemos ajudar jornalistas a entregar mais matérias com mais detalhes sobre os assuntos de importância. E isso é algo que achamos que pode cumprir um papel positivo na melhora das relações entre culturas diferentes.

Quem são os especialistas? De onde eles vêm?
Nossos especialistas vêm de uma variedade tremenda de áreas e países. O recurso é verdadeiramente global em extensão, não só em termos de distribuição geográfica, mas também em área de especialidade disponível a jornalistas. Os comentadores listados no GEF são conhecedores de assuntos como política, direito, educação, direito da mulher, direitos humanos, guerra e conflito, terrorismo, globalização, religião, e arte e entretenimento. Nossos especialistas são acadêmcos, analistas, pesquisadores, ex-líderes politicos e diplomáticos, líderes religiosos, ativistas da sociedade civil, líderes de negócios e empreendedores, cineastas, escritores, e até jornalistas e comentadores.

No momento temos cerca de 120 especialistas. Este número deve subir para cerca de 300 no próximo ano.

Como os especialistas são selecionados?

Os especialistas são escolhidos através de um rigoroso processo de seleção. Um especialista pode ser recomendado a nós por uma variedade de maneiras, incluindo autonomeação no site. Depois de receber a nomeação, examinamos a experiência profissional, textos e declarações públicas para assegurar que certos critérios são satisfeitos. Os critérios incluem ter experiência sólida de liderança, demonstrar inovação, e sucesso na sua área, ser bem respeitados por seus colegas, e talvez principalmente, ter em geral uma história de avançar ou aumentar o nível do debate público sobre um tema ou área em particular.

O Global Expert Finder é um recurso totalmente imparcial. Nós não investigamos o que os nossos especialistas dizem, nem buscamos supervisionar relações entre especialistas e jornalistas, exceto na medida em que podemos ajudar a facilitar conexões imediatas e diretas entre eles. Nossos especialistas são autoridades renomadas mundiais em suas áreas, e nosso objetivo é assegurar que jornalistas possam se beneficiar de seu enorme conhecimento e experiência. Neste ponto, o Global Expert Finder é somente mais uma ferramenta à disposição do jornalista de hoje - e este é o benefício definitivo.

Quais idiomas os especialistas falam?
Nossos especialistas falam uma variedade de línguas desde chinês a farsi, holandês a malaio. Quase todos falam inglês, mas a maioria é bilíngue ou mais.

Como os jornalistas e especialistas interagem? Por e-mail ou no site do GEF?
Os jornalistas podem entrar em contato com especialistas diretamente pelo e-mail listado no site. Também enviamos alertas de mídia aos jornalistas sobre assuntos específicos ou crises, onde pequenas biografias e informação de contato são apresentados.

As discussões passadas são arquivadas para uso futuro?
Não temos atualmente um recurso no site para apresentar conversas entre especialistas e jornalistas, mas isto vai mudar no futuro. Estamos querendo sediar chats online com especialistas, que aí então serão arquivados no site para uso futuro. O plano definitivo é que o Global Expert Finder seja também disponível em várias línguas.

Pode dar um exemplo de tópico de discussão?
Todos os dias nossos especialistas são procurados para falar sobre uma variedade de assuntos - a política estrangeira do Barack Obama, o conflito no Sri Lanka, terrorismo no Paquistão e questões de integração na Holanda são apenas alguns dos temas recentes sobre os quais os especialistas falaram com jornalistas.

Como os jornalistas interessados podem começar a usar o GEF?
Os jornalistas podem visitar o Global Expert Finder e fazer buscas no banco de dados por área ou região de especialidade, idioma ou localização. Eles podem entrar em contato com os especialistas escolhidos diretamente. Para assinar os alertas de mídia com sugestões de especialistas para comentários sobre notícias urgentes, os jornalistas podem visitar o site e se inscrever na nossa lista de imprensa, preenchendo o formulário.

A Alliance of Civilizations é um projeto da Secretaria Geral da ONU, lançado em 2005. O programa foi inicialmente copatrocinado pelos os governos da Espanha e Turquia, mas hoje conta com o apoio de mais de 100 países e organizações internacionais. Seu propósito é reduzir as tensões culturais que ameaçam a agitar conflitos políticos ou gerar novos, e a iniciativa aborda esta tarefa promovendo diálogo, políticas e projetos destinados a melhorar as relações entre diversos grupos locais. Os projetos pertencem a uma de quatro categorias: juventude, educação, migração e mídia.

Para acessar o GEF, visite (em inglês) www.globalexpertfinder.org. Para mais informação, escreva para Daanish Masood, daanishm@unops.org.