Repórteres do BuzzFeed e Huffington Post defendem notícias divertidas para atrair o público

porMargaret Looney
Aug 23, 2013 em Diversos

Embora o site BuzzFeed, que "conecta as pessoas em tempo real com as tendências mais quentes do momento", tenha se expandido a Washington e contratado o veterano repórter político John Stanton, muitos artigos de lista que o site publica são muitas vezes consideradas como conteúdo superficial.

Em um recente painel na conferência da Association for Education in Journalism and Mass Communication, Stanton, agora chefe de redação do BuzzFeed em Washington, contestou a alegação de que as notícias sérias e as de entretenimento não podem ir lado a lado em um único site.

"Eu nunca entendi a noção de que ambas [notícias sérias e superficiais] não podem coexistir perfeitamente bem, ou a ideia de que há jornalistas sérios que escrevem essas matérias sobre política e uns outros idiotas que fazem essas outras coisas", disse ele.

Na verdade, escrever artigos de listas exige habilidades fortes de jornalismo, Stanton disse no painel com jornalistas políticos dos sites de notícias PolitiFact, Politico, Roll Call e The Huffington Post.

"[Artigos de lista] exigem que você tenha uma profundidade de conhecimento. [Escrevê-los] exige que você tenha um entendimento [de] como passar as informações para o leitor", disse ele. "O que são essas duas coisas? São exatamente o que um bom jornalista faz em qualquer parte deste negócio."

O Huffington Post também apresenta conteúdo que inclui as mais recentes gafes fashion de celebridades e temas graves, bem-reportados, afirmou a correspondente da Casa Branca para o site, Jennifer Bendery, que defende esse modelo.

"Há uma diferença entre o jornalismo e as coisas que as pessoas querem falar, e para mim os dois são válidos", disse ela. Ao colocar uma foto de um gatinho fofinho ao lado de reportagens sobre temas substanciais, Bendery espera que o conteúdo "divertido" possa conduzir o leitores à notícia "séria", uma tática vista como "o tipo de modelo do Huffington."

"Pode haver coisas que você queira saber, e depois há o jornalismo", disse Bendery. "Se é uma artigo bem-apurado, é jornalismo, e se é um monte de fotos com legendas engraçadas... é uma leitura divertida. Não é tão difícil de diferenciá-los para mim, e é ótimo que convivem juntos, porque no final das contas é do interesse humano."

Veja o vídeo do painel aqui (em inglês).

Margaret Looney , assistente editorial da IJNet, escreve sobre as últimas tendências de mídia, ferramentas de reportagem e recursos de jornalismo.

Foto: Painelistas Alex Muller do Roll Call, John Stanton do BuzzFeed, Jennifer Bendery do Huffington Post, Rachel Smolkin do Politico e Bill Adair do PolitiFact. Foto por Margaret Looney