Poderopedia vai mapear quem é quem em política e negócios na Venezuela e Colômbia

porMiguel Paz
May 7, 2014 em Diversos

Em dezembro de 2012, a Poderopedia foi lançada no Chile para mapear quem é quem no mundo dos negócios e da política no país, com o objetivo de promover a transparência e a prestação de contas, bem como revelar potenciais conflitos de interesse entre os líderes políticos, cívicos e empresariais mais influentes, empresas e instituições.

A plataforma atraiu atenção internacional imediata, foi reconhecida pelo Prêmio de Jornalismo de Dados e atualmente é candidata na categoria Melhor Inovação do Bobs Awards da Deutsche Welle.

Desde então, com o apoio da John S. e James L. Knight Foundation, através de um fundo do Knight News Challenge, Startup Chile e através da minha bolsa do Knight International Journalism Fellowship do ICFJ, meus colegas da Poderopedia, a pesquisadora-chefe Mónica Ventura e o desenvolvedor principal Juan Eduardo Hernández, e eu produzimos resultados animadores: mais de 10 casos de impacto sobre conflitos de interesses; lançamos luz sobre negócios obscuros e potencial má conduta política; geramos debate entre os cidadãos; e fornecemos informações para dezenas de matérias.

A plataforma é agora um tesouro de informações sobre os poderosos no Chile. Até o momento, contém informações sobre 3.107 indivíduos, 1.398 empresas e 812 instituições. Seis redações chilenas estão republicando o conteúdo da Poderopedia. Há cerca de 300 notícias relacionadas com a Poderopedia e temos 3.590 usuários registrados.

Expandindo a Poderopedia para a Colômbia e Venezuela

Eu sabia desde o começo que transformar a Poderopedia em uma plataforma distribuída internacionalmente operada por organizações jornalísticas locais deveria ser um objetivo primário.

Agora estamos dando os primeiros passos nesta estrada para a internacionalização. Em 3 de maio, Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, a Poderopedia vai lançar um capítulo na Venezuela, graças a um acordo de parceria estratégica com o Institute for Press and Society (IPYS) da Venezuela e, em data a ser anunciada em breve, vai lançar o capítulo da Colômbia em aliança com o Consejo de Redaccion (CdR) da Colômbia. Ambas organizações de jornalismo são altamente renomadas e respeitadas na América Latina. Os membros do CdR, IPYS e Fundação Poderomedia (criadora da Poderopedia) concordaram em criar os novos capítulos, como parte de uma estratégia mais ampla de cooperação latino-americana para o fortalecimento da democracia; para incentivar as habilidades de inovação e tecnologia de jornalistas; e fomentar o desenvolvimento de novos aplicativos de mídia e notícias online.

O capítulo na Venezuela também é apoiada pela Transparência Venezuela através da Coalición ProAcceso; enquanto o capítulo na Colômbia recebe apoio adicional de um programa financiado pelas Open Society Foundations.

O lançamento dos capítulos será realizada através da Poderopedia.org. Em 3 de maio, os usuários serão capazes de entrar no site e navegar até o capítulo do país que desejam visitar: Chile ou Venezuela.

Os novos capítulos se concentram em fornecer informação livre e verificada aos cidadãos, jornalistas, pesquisadores, mídia e organizações. As versões venezuelanas e colombianas do site, como o site chileno original, permitirão ao usuário descobrir as redes de influência, os potenciais conflitos de interesse e as conexões entre os principais líderes do mundo político e empresarial. Os visitantes do site podem se registrar na plataforma para fornecer informações, documentos e dicas.

Mostrar um panorama de quem é quem na elite e o que suas redes são ajuda as pessoas a entenderem por que as coisas acontecem da maneira que acontecem. Corta a assimetria da informação, ajuda todos a tomarem decisões mais informadas, torna as pessoas poderosas mais responsáveis ​​por suas ações e promove uma melhor democracia e uma sociedade mais saudável.

Se você quiser se juntar a nós e criar um capítulo da Poderopedia em seu país, escreva para:team@poderopedia.com.

Miguel Paz é um jornalista chileno e fundador e CEO da Poderopedia, um site de jornalismo de dados que destaca as ligações entre as empresas e elites políticas chilenas. Leia sobre seu projeto da bolsa Knight aqui.

O conteúdo de inovação de mídia global relacionado com os projetos e parceiros dos bolsistas do Knight International Journalism Fellowship na IJNet é apoiado pela John S. and James L. Knight Foundation.

Imagem cortesia de Miguel Paz