Mulheres são sub-representadas em imagens de notícias no Facebook

porChristine Schmidt
Jun 05 em Diversidade
Mulheres jogando futebol

Assim como nas redações, os homens dominam as imagens que as organizações de notícias dos EUA usam nas notícias postadas no Facebook, segundo um novo estudo do Pew Research Center. Os homens representavam mais da metade das pessoas que aparecem nas fotos que acompanham os links das agências de notícias, com até dois terços das pessoas retratadas.

O Pew usou uma visão por máquina para avaliar isso:

 

Pew Research Center

Pesquisadores analisaram imagens de 17 agências de notícias dos Estados Unidos — ABC News, BuzzFeed News, CBS News, CNN, Fox News, HuffPost, NBC News, New York Times, Newsweek, NPR, Time, U.S. News & World Report, USA Today, Washington Post, Yahoo News, Vice News e Vox — que foram incluídas em links postadas no Facebook entre 1° de abril e 30 de junho de 2018:

Existem várias maneiras de medir com que frequência homens e mulheres aparecem em fotos de notícias. Uma maneira é pensar em todas as fotos juntas, formando uma grande multidão de pessoas e estimando a proporção entre mulheres e homens. Dos 53.067 indivíduos identificados em imagens de notícias no Facebook, as mulheres representavam 33%, enquanto os homens representavam os outros 67%.

Outra maneira de analisar os dados é examinar a mistura de pessoas que aparecem em cada imagem. Em todos os 22.342 posts no Facebook com fotos de notícias contendo rostos humanos identificáveis, mais da metade deles (53%) mostrou exclusivamente homens, enquanto menos de um quarto mostrou exclusivamente mulheres (22%). Todas as 17 agências de notícias nacionais incluídas no estudo mostraram mais homens do que mulheres em imagens de notícias no Facebook durante o período do estudo. A proporção de indivíduos que foram identificados como mulheres pelo modelo varia de 25% a 46%.

Pew Research Center

E isso não surpreenderá ninguém que se sentou ao lado de um homem em transportes públicos: "Os rostos masculinos ocuparam mais espaço nas imagens de notícias do Facebook, com o rosto masculino médio sendo 10% maior do que o rosto feminino médio em todas as fotos com pessoas."

Às vezes, há apenas mais homens em uma determinada situação (apenas um quarto do Congresso dos EUA é do sexo feminino), mas as atletas femininas recebem apenas 4% da atenção que os atletas masculinos recebem, por exemplo. Por tipo de matéria, o Pew encontrou:

  1. Posts relacionados a economia mostravam exclusivamente mulheres em 9% das vezes, comparado a 69% para homens;
  2. Posts relacionados a entretenimento mostravam exclusivamente mulheres 27% das vezes, em comparação com 42% dos homens.
Pew Research Center

(Depois que este artigo foi publicado, o porta-voz do Facebook, Joe Osborne, enviou esta declaração: "Os resultados do estudo refletem a diferença de gênero nos negócios, política, esportes e outras áreas cobertas pela mídia. Em última análise, editores de notícias escolhem quais imagens incluir e quais matérias publicar no Facebook.”)

O estudo completo está disponível aqui (em inglês).


Este artigo foi publicado originalmente pelo Nieman Lab e foi republicado na IJNet com permissão.

Imagem sob licença CC no Unsplash via Jeffrey F Lin