Jornalista de site independente enfrenta processo criminal

porNicole Martinelli
Feb 5, 2011 em Segurança do jornalista

Chiranuch Premchaiporn, conhecida como Jiew, é a diretora e webmaster do Prachatai, um site alternativo de notícia na Tailândia.

Embora ela esteja atualmente em liberdade sob fiança, Jiew enfrentará duas acusações criminais que carregam a possibilidade de sentença de 82 anos de prisão.

Tudo começou em 2008, quando os usuários do Prachatai postaram comentários críticos à monarquia tailandesa. O governo acusou estas declarações de violarem o Ato de 2007 da Comissão de Infrações Relacionadas com Computadores.

Como editora do Prachatai, Premchaiporn está sendo responsabilizada por tais comentários dos leitores, apesar do Prachatai ter removido os comentários após pedidos da polícia tailandesa.

Ela foi acusada de infringir a Seção 14 e 16 do ato da comissão e também de lèse majesté e gerar inquietação entre as pessoas.

As acusações contra ela podem trazer um fim abrupto a uma carreira promissora. Premchaiporn, que iniciou o site em 2004, também foi recentemente nomeada bolsista do Knight Ashoka Fellow por seu excelente trabalho.

Em uma entrevista de 2010 com a Electronic Frontier Foundation, Premchaiporn contou como o processo judicial estava afetando sua vida:

"Eu mal posso ter um plano de vida a longo prazo... O fórum de discussão do Prachatai, um importante trabalho meu, teve que ser desligado. Não foi fácil desistir de algo para o qual criei uma base forte, mas o peso para o Prachatai e os próprios usuários foi demais para administrar. Eu senti que já não podia garantir um canal seguro e livre para as pessoas se expressarem socialmente e politicamente."

Os interessados em ajudá-la podem acompanhar seu blog, espalhar a notícia pelo Twitter usando o tag #freejiew ou contribuir para a sua conta legal.

O que você acha? Websites devem ser responsabilizados pelos comentários de seus usuários? Junte-se à discussão na IJNet.