Inovadores vão aproveitar tecnologia móvel para notícia e informação

porIJNet
Jan 23, 2013 em Diversos

De um conjunto de ferramentas móveis para documentar a mineração e exploração na Amazônia peruana a ferramentas para enviar artigos da Wikipedia através de mensagens de texto em vários idiomas, a última rodada de vencedores do Desafio Jornalístico Knight vai usar tecnologia móvel para melhorar a qualidade e entrega de informações.

Oito projetos ganharam um total de US$ 2,4 milhões, além de orientação de especialistas para ajudá-los a acelerar e avançar seus trabalhos como vencedores do Knight News Challenge: Mobile (Desafio Jornalístico Knight:Tecnologia Móvel). O concurso realizou três rodadas no ano passado. Mais de 500 projetos participaram desta rodada, que convidou projetos "que aproveitam a tecnologia móvel para informar e envolver as comunidades."

"Em 2013 o número de dispositivos móveis que usam a Internet está previsto para ser maior do que o número de computadores pela primeira vez. Estes oito projetos do Desafio Jornalístico Knight, e os inovadores por trás deles, estão ajudando a expandir as maneiras como as pessoas ao redor do mundo estão se envolvendo com a informação e usando-a para moldar suas comunidades", Michael Maness, vice-presidente em inovação do jornalismo e mídia para o John S. and James L. Knight Foundation, que oferece o concurso.

A Knight Foundation fará duas rodadas do Desafio Jornalístico em 2013. A próxima rodada, a ser lançada em fevereiro, vai se concentrar em ferramentas para um governo aberto.

Os vencedores desta rodada são:

Wikimedia Foundation, o braço sem fins lucrativos da Wikipedia, quer melhorar o acesso à informação nos países em desenvolvimento, sem taxas de dados proibitivas.

WITNESS vai ajudar redações a verificarem o dilúvio de fotos e vídeos de eventos de notícias emergentes, criando um aplicativo que automaticamente marca o conteúdo com informações de identificação, incluindo o local onde o material foi registrado.

Digital Democracy permitirá que moradores da Amazônia peruana documentem os efeitos da exploração de mineração e petróleo, criando um kit de ferramentas móvel que pode ser usado para coletar e compartilhar dados.

RootIO está testando um software em Uganda que irá conectar celulares básicos com um transmissor para transformá-los em micro-estações de rádio comunitárias.

Abayima está criando um aplicativo que transforma um cartão SIM em um dispositivo de armazenamento de informações e notícias. O aplicativo será particularmente útil em situações de crise, permitindo a jornalistas e outros transferir informações de forma segura, quando redes de comunicação estão comprometidas ou desativadas.

Textizen expande a participação dos cidadãos, colocando pesquisas em locais físicos, como parques e pontos de ônibus, onde os moradores podem encontrá-las e enviar mensagens de texto com suas opiniões.

TKOH irá criar uma ferramenta para registrar histórias orais com um aplicativo que leva as pessoas a contarem histórias quando veem fotos ou vídeos pré-selecionados.

Cafédirect Producers’ Foundation, projetado no Quênia, vai ligar pequenos agricultores em países em desenvolvimento com conselhos e feedback através de uma plataforma onde podem fazer perguntas e tê-las rapidamente respondidas por agricultores em outras comunidades.

Siga #newschallenge no Twitter e leia mais sobre os projetos aqui (em inglês).

Foto cortesia de Ken Banks, kiwanja.net